Desempenho dos goleiros pós-Ceni

Atual titular da meta Tricolor tem a segunda melhor média entre todos os goleiros da “era pós-Ceni”

O M1to Rogério Ceni se aposentou no fim de 2015 e a partir de 2016 se iniciou o martírio no gol Tricolor. Denis, Renan Ribeiro, Sidão, Jean e agora Volpi tentam dar um pouco de segurança para nós são-paulinos, que sempre tivemos ótimos goleiro, como Waldir Peres, Gilmar, Zeti, Ceni, entre outros.

Veja aqui a média de cada um deles:

  • JEAN 2018/ 2019 (19 jogos, 15 gols sofridos) – Média de 0,78 gols sofridos por partida

2018: 18 jogos -15 gols sofridos
2019: 1 jogo 

  • TIAGO VOLPI2019/ 2020 (68 jogos, 55 gols sofridos) – Média de 0,80 gols sofridos por partida

2019: 57 jogos – 47 gols sofridos
2020: 11 jogos – 8 gols sofridos

  • SIDÃO 2017/ 2018 (73 jogos, 72 gols sofridos) – Média de 0,98 gols sofridos por partida

2017: 25 jogos  – 35 gols sofridos
2018: 48 jogos – 37 gols sofridos

  • DENIS 2016/ 2017 – (74 jogos, 75 gols sofridos) – Média de 1,01 gols sofridos por partida

2016: 67 jogos  – 68 gols sofridos
2017: 7 jogos – 7 gols sofridos

  • RENAN RIBEIRO2016/ 2017 – (33 jogos, 39 gols sofridos) – Média de 1,18 gols sofridos por partida

2016: 3 jogos – 1 gol sofrido
2017: 30 jogos – 38 gols sofridos


GOLEIROS COM MENOS DE 10 JOGOS DISPUTADOS:

  • LUCAS PERRI2020 – (4 jogos, 3 gol sofrido) – Média de 0,75 gols sofridos por partida

2019: 1 jogo – 1 gol sofrido
2020: 3 jogos – 2 gols sofridos

  • LÉO – 2016 – (1 jogo, 0 gol sofrido) – Média de 0 gols sofridos por partida

2016: 1 jogo


FOTO: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *