in ,

Departamento médico do Tricolor é um problema até o momento

Levantamento do Globoesporte.com mostra que o São Paulo tem a maior média de desfalques de jogadores por problemas médicos entre os clubes da série A

A equipe do Espião Estatístico do GloboEsporte.com fez um levantamento dos clubes que mais tem problemas médicos. E dentre os 20 times que disputam a série A do Brasileirão em 2019, o São Paulo é o clube com a maior média de desfalques de jogadores por problemas médicos.

No total, o Tricolor teve 23 baixas em 23 jogos (sem incluir o Torneio da Flórida). Ou seja, média de uma baixa por partida.

Os critérios usados foram: o atleta ser vetado pelo departamento médico do clube pelo menos em uma partida e ter dores musculares, incômodos, traumas, tendinites ou estiramentos. 

Não entram no ranking: gripes, viroses, indisposições e etc e jogadores  poupados por fadiga ou cansaço muscular. 

Ou seja, no caso do São Paulo, Biro Biro, Bruno Peres e Jonatan Gomez, não foram contabilizados pois foram desfalques por esses motivos.

No São Paulo também há grupos de jogadores em diferentes condições físicas:

Luan, Igor Gomes, Toró e Walce foram convocados para a seleção sub-20 no começo do ano e não jogaram o Torneio da Flórida.
Antony jogou a Copa São Paulo de Futebol Júnior para ganhar rodagem e foi o destaque da campanha do título.
Tchê Tchê, Vitor Bueno (Ucrânia), Alexandre Pato e Hernanes (China) foram contratados do exterior e não jogavam na frequência do calendário brasileiro. Dentre eles, só Hernanes fez a pré-temporada.

Dos 23 desfalques, 11 tiveram origem por problemas musculares, os outros são fruto de pancadas, entorses e traumas.

Foto: Reproducão TV
Fonte: Globoesporte.com – Eduardo Rodrigues e Marcelo Hazan

O que achou?

Escrito por Natália Milreu