in , ,

Daniel Alves tem números semelhantes em primeiro ano no São Paulo e em clubes europeus

Daniel Alves melhorou muito ao ir à ala/lateral. (Foto: Divulgação)

Neste mês de agosto, Daniel Alves completa um ano como jogador do São Paulo e seu desempenho é semelhante ao seus primeiros anos pelos clubes europeus, onde fez sucesso

Daniel Alves foi anunciado pelo Tricolor no primeiro dia de agosto de 2019, apresentado no dia 6 e realizou sua estreia no dia 18. Desde então, foram 33 partidas disputadas, com sete gols marcados e quatro assistências. Assim, totalizou 11 participações diretas em gols, com média de 0,33 por jogo.

Tal média se aproxima do seu índice na primeira temporada por Barcelona, Juventus e Paris Saint-Germain.

Pelo time espanhol, clube em que mais brilhou na carreira, o ano de estreia (entre 2008 e 2009) rendeu cinco gols e 11 assistências em 54 jogos. Uma média de participação em gols por jogo de 0,29.

Já na Juventus, entre 2016 e 2017, Daniel Alves realizou 34 partidas, com seis gols e seis assistências. O índice de participação em gols no primeiro ano pelo time italiano chegou a 0,35 por partida. Já pelo PSG, entre 2017 e 2018, a média foi de 0,34 por jogo, com sete gols e nove assistências em 41 confrontos.

A média de 0,33 participações diretas em gols por partida pelo São Paulo supera com certa margem o seu primeiro ano pelo Bahia e pelo Sevilla, os primeiros dois clubes da carreira de Daniel Alves. Pelo Tricolor Baiano, foram quatro gols e três assistências em 48 partidas (0,14). Já pela equipe espanhola, o índice ficou apenas em 0,05, com só dois gols e nenhuma assistência em 36 jogos.

VALE LEMBRAR QUE, pelo São Paulo, Daniel Alves mudou de posição, passando da lateral-direita para o meio-campo. Atuando como um segundo volante, participa mais da saída de bola e da criação de jogadas, com mais aparições por dentro.

Durante toda a carreira, o atual camisa 10 são-paulino balançou as redes 77 vezes e deu 197 assistências.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara