in ,

Daniel Alves: “Nem todos pensam no bem do São Paulo e sim no bem em estar aqui”

Capitão do São Paulo, o meia Daniel Alves citou a frustração com a eliminação no Campeonato Paulista e alfinetou à política do clube nesta terça-feira, em entrevista coletiva

Foi a primeira entrevista coletiva de um atleta do São Paulo desde a derrota para o Mirassol, nas quartas de final do estadual, na semana passada. O time agora se prepara para a estreia do Campeonato Brasileiro, domingo, contra o Goiás, fora de casa.

“Nós não somos esses dois últimos jogos no Morumbi, somos trabalho, dedicação e entrega de antes da pandemia. Infelizmente, aconteceu esse “X” na nossa caminhada, mas não vai mudar nossa rota, nossa fé no que fazemos no dia a dia, porque é a única coisa que vai fazer mudar a história do São Paulo”, afirmou

O jogador ainda falou sobre a política no clube e ressaltou que nem sempre ele vê gente de dentro do São Paulo torcendo para as coisas darem certo.

“A maior dificuldade que vejo no São Paulo e no futebol brasileiro na gestão é que nem sempre o objetivo é o São Paulo. É sempre muito interesse pessoal, ou interesses não sei quais. Isso acaba conduzindo os clubes para um caminho que poderia ser muito melhor“, falou. 

E completou: “Agora, na política, todo mundo está cheio de dedos para apontar, mas nem todos pensam no bem do São Paulo e sim no bem em estar aqui. Enquanto estiver aqui o São Paulo terá uma mínima verdade, que sou eu, porque não trabalho para mentiroso ou gente oportunista que minimiza os outros para crescer.”

Foto: Reprodução
Fonte: Marcelo Hazan – Globoesporte.com

O que achou?

Escrito por Natália Milreu