Crônica – São Paulo 2×2 Flamengo

Com dois erros de Sidão, São Paulo cede empate ao Flamengo e esquece de vez qualquer chance de título. Agora, cuidado para não perder a vaga no G4

Buscando se aproximar do líder Palmeiras, o São Paulo encarou o Flamengo no Morumbi precisando dos três pontos.

O jogo começou forte e com os dois times buscando abrir o placar. Logo aos 7 minutos, após cruzamento de Gonzalo, Diego Souza ficou com a bola e fez o primeiro gol do jogo. Não deu nem tempo de nós tricolores comemorar o gol e veio empate do Flamengo. Um minuto depois, Uribe de cabeça, contando com erro de Sidão, deixou tudo igual.

O jogo continuava muito bom e ambos times lutando em campo e buscando sair de campo com a vitória. 

Após o empate, os cariocas criaram as melhores chances, mas esbarrava na defesa são-paulina.

Para a segunda etapa, Diego Aguirre mudou o esquema. Ele abriu mão de um zagueiro e colocou um atacante, trocou Anderson Martins pelo jovem Helinho, e logo teve a certeza da decisão correta.

Aos cinco, o garoto de 18 anos recebeu pela direita, limpou para dentro e chutou colocado com força. Golaço! 

O Flamengo seguiu apostando no lado esquerdo de ataque, mas não tinha tantos espaços como no primeiro tempo. Dorival trocou Cuéllar e Éverton Ribeiro por Diego e Geuvânio. O São Paulo, por sua vez, era bem mais consistente do que no primeiro tempo.

Aguirre trocou Carneiro por Edimar e Araruna por Luan, enquanto isso o Flamengo pressionava. Uribe perdeu boa chance de bicicleta, Paquetá obrigou Sidão a fazer grande defesa, mas na terceira chance, Rodinei não perdeu. Após linda jogada de Vitinho, escorou para o gol vazio: 2 a 2.

Dependendo da vitória para seguir a quatro pontos do Palmeiras, o Rubro-Negro se mandou para o ataque e teve a chance da vitória aos 45. Geuvânio cruzou rasteiro, a bola cruzou toda área e encontrou Vitinho, sozinho, no segundo pau. O camisa 14 jogou nas alturas a chance da virada. Tudo igual no Morumbi.

Com o empate, o São Paulo segue em quarto, com 57. São nove pontos e quatro vitórias a menos que o Palmeiras faltando seis partidas para o fim da competição. De quebra, vê o Grêmio na cola na briga por uma vaga direta na Libertadores, com 55.

Sábado, às 17h (de Brasília), tem clássico com o Corinthians, na Arena.

FOTO: Marcos Ribolli

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *