in , ,

Crônica – Fortaleza 3×3 São Paulo

Fortaleza 3x3 São Paulo Foto: GE

São Paulo visita o Fortaleza e em um jogo muito movimentado e com muitos erros (dos times e do árbitro) fica no empate; decisão fica para o Morumbi

O JOGO

Fortaleza e São Paulo estrearam na Copa do Brasil nesta quarta-feira, no Castelão e a partida foi em grande estilo. Com muitos gols, erros de cada lado (e do juiz), expulsões, VAR e empate.

A primeiro tempo foi movimentado, com dois gols para cada lado – David e Tinga para o Fortaleza e Brenner e Luciano para o São Paulo.

Na segunda etapa, os donos da casa tiveram dois jogadores expulsos, mas conseguiram segurar a vitória por 3 a 2 até o finzinho do jogo. Gabriel Dias fez o terceiro e Brenner, nos acréscimos, deixou tudo igual.

Primeiro tempo

Um primeiro tempo bem movimentado e com boas chances para Fortaleza e São Paulo, do início ao fim.

Os donos da casa abriram o placar logo aos 5 minutos de jogo, com David aproveitando rebote de Tiago Volpi após boa defesa do goleiro são-paulino em cabeceio de Paulão.

O Tricolor Paulista empatou pouco depois. Em uma jogada de linha de fundo, Sara tocou para Luciano, que cruzou e Brenner completou para o gol.

A comemoração do São Paulo durou apenas cinco minutos, isso porque Tinga avançou tranquilo, sem marcação e arriscou um ótimo chute de fora da área para fazer 2 a 1.

Quando tudo parecia que a primeira etapa iria terminar com a vantagem do Fortaleza, Luciano empatou aos 43 da primeira etapa.

Segundo tempo

O segundo tempo começou como acabou o primeiro. Muito movimentado, mas dessa vez, com muito mais emoção ainda.

Aos sete minutos, Brenner foi parado com falta por Felipe Alves, fora da área, o árbitro advertiu o goleiro do Fortaleza com cartão amarelo, mas, depois de consultar do VAR, decidiu pela expulsão. Essa paralização foi de 10 minutos!

Mesmo com um jogador a menos, os donos da casa conseguiram as melhores chances. Aos 19 minutos, Gabriel Dias, antecipou Diego Costa e marcou de cabeça para fazer 3 a 2. 

Dois minutos depois, Yuri Cesar ganhou na corrida de Daniel Alves e livre, acertou o travessão.

Daí em diante só deu São Paulo. O Tricolor foi pra cima e teve boas chances com Reinaldo, Diego Costa (2 vezes) e Tchê Tchê, também duas vezes.

Aos 42 minutos Carlinhos também recebeu cartão vermelho e o São Paulo ficou com 2 jogadores a mais. Aí foi pressão até o apito final.

De tanto pressionar, o São Paulo chegou ao gol, novamente com Brenner. No último lance do jogo, o São Paulo reclamou (com razão) de um pênalti claro. O árbitro foi ao VAR, mas não marcou a penalidade e encerrou a partida.

VALE LEMBRAR QUE o jogo deveria ter pelo menos uns 13…15 minutos de acréscimos (devido ao lance da expulsão do goleiro que ali ficou 10 minutos parado), fora a outra expulsão, cera do time da casa e as substituições.

Porém, o árbitro deu APENAS 9.

COMO FICA:
Com o empate desta noite, nenhum time terá vantagem na partida da volta. Se for empate, a decisão será nos pênaltis e quem vencer, avança para as quartas de final

PRÓXIMO JOGO:
O jogo decisivo será no dia 25 deste mês (domingo), no Morumbi.

Foto: Twitter GE

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara