in

Crônica – CSA 1 x 2 São Paulo (Made In Cotia)

Cheio de jogadores da base, São Paulo se despede do Campeonato Brasileiro 2019 com uma vitória diante do CSA

O São Paulo recheado de garotos revelados em Cotia se despediu do Campeonato Brasileiro 2019 com uma vitória. Com uma boa apresentação no primeiro tempo, o São Paulo venceu o CSA por 2 a 1, em partida realizada no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O São Paulo termina na sexta colocação, com 63 pontos, com uma campanha de 17 vitórias, doze empates e nove derrotas. O Tricolor está classificado para a fase de grupos da Copa Libertadores.

Já classificado, o São Paulo mandou a campo um time repleto de garotos revelados em Cotia. O CSA, rebaixado para a Série B, buscava terminar o Brasileirão com uma vitória pelo menos.

PRIMEIRO TEMPO

O São Paulo com maior posse de bola foi melhor no início do jogo e logo abriu o marcador. Aos 10 minutos, após troca de passes entre Igor Vinícius, Igor Gomes, Helinho e Sara, Toró recebeu sozinho para abrir o marcador. Vale ressaltar o o belo passe de Gabriel Sara.

Três minutos depois, o São Paulo ampliou. Léo cruzou para Juan bater, Jordi defendeu e no rebote Igor Vinícius marcou. Esse foi o primeiro gol do jovem lateral com a camisa são-paulina.

O São Paulo mostrava entrosamento e rápida troca de passes. Ainda na primeira etapa, teve a chance de golear. O time criou pelo menos duas boas chances de ampliar o marcador. Aos 28 minutos, Gabriel Sara mandou um chute que saiu por muito pouco e, cinco minutos mais tarde, Igor Gomes acertou a trave do CSA com uma bomba de fora da área.

No final do primeiro tempo veio o castigo. Aos 43 minutos, Jarro Pedroso aproveitou o vacilo da zaga do São Paulo e diminuiu para o time alagoano.

ETAPA FINAL

Logo no começo, aos dois minutos, São Paulo perdeu Helinho, expulso por falta em cima de Jarro Pedroso. Ele já tinha amarelo. A expulsão mudou o panorama da partida, com o CSA partindo para cima do Tricolor, que parou de atacar.

O CSA, porém tinha dificuldade em construir suas jogadas ofensivas. O São Paulo apostava no contra-ataque. Aos 22, Gabriel Sara recebeu a bola na grande área e chutou rasteiro de esquerda para Jordi defender.

O time alagoano tentou até o último minuto o empate, mas não obteve êxito e se despediu da competição com mais uma derrota.

FOTO: Rubens Chiri/saopaulofc.net

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara