in , ,

Com emoção até o último segundo, São Paulo vence mais uma no NBB

Com jogadaça de Georginho nos segundos finais da prorrogação, São Paulo vence o Franca e se mantém firme no G-4

São Paulo e Franca fizeram um dos duelos mais emocionantes desta edição do NBB. Com imensa autoridade, os são-paulinos derrotaram o adversário por 88 a 87 em partida definida no último segundo da prorrogação. Em bela jogada individual de Georginho, nos segundos finais, o Tricolor passou a frente, obrigando o rival a última jogada faltando um segundo para encerrar o duelo.

Com uma defesa incrível, o Tricolor não permitiu o arremesso e ficou com a vitória no interior paulista. Essa foi a sétima vitória em sete partidas fora do Morumbi

DESTAQUES:

Georginho com 23 pontos (seis deles na prorrogação), 11 rebotes e seis assistências. Léo Meindl (18 pontos, seis assistências e quatro rebotes) e Renan (17 pontos e cinco rebotes).

Com o resultado, o Tricolor não só se mantém entre os primeiros colocados da classificação como também mantém o desempenho como visitante perfeito: 100% de aproveitamento.

O JOGO:

A partida começou com o time mandante impecável nos arremessos de longa distância (os três primeiros disparos foram certeiros) e agressivo na marcação, o que fez a vantagem rapidamente disparar para 11 a 2. O Tricolor reagiu e encostou no placar que terminou 18 a 15 para o Franca no primeiro quarto.

No segundo quarto, o São Paulo continuou pecando nos arremessos de três e nos lances livres, mas melhorou muito na defesa e em recuperação de bola. Porém, o Franca continuava calibrado e seguiu na frente. Dessa forma, o segundo quarto terminou em 14 a 13 para o time local. Placar geral 32 a 28.

Cláudio Mortari não gostou nada do que viu. Com certeza a conversa no vestiário foi produtiva. O São Paulo voltou muito mais ligado no jogo e mais calibrado, principalmente nos lances livres, onde obteve 100% de aproveitamento. 

O Tricolor ainda chegou a virar e ameaçou uma arrancada no placar, mas Franca apostou na eficiência de David Jackson para se manter numa distância alcançável. Porém, a vitória no quarto ficou com a gente: 29 a 19 e o placar virou. Franca 51 x 57 São Paulo

As equipes voltaram com tudo para o último, mas não derradeiro quarto. O time da casa, embalado pela torcida, o vice-líder da competição caprichou na pontaria para empatar o jogo a 26 segundos do fim, em jogada rápida de David Jackson. O Tricolor ainda teve a última posse de bola, mas Georginho, muito marcado, arremessou contestado e não conseguiu impedir a prorrogação.

VALE LEMBRAR QUE o São Paulo perdeu Léo Meindl, que estourou o limite de faltas.

A prorrogação começou com tudo. Franca incendiou a partida com dois disparos de três de muito longe de Parodi. Nos instantes finais, o Tricolor conseguiu impedir o arremesso de Lucas Dias e teve a última posse de bola para decidir. Com enorme categoria, Georginho chamou a responsabilidade, encarou Jimmy e conseguiu a infiltração para fazer a cesta da vitória. Franca ainda tentou um último lance, mas não havia tempo para mais nada. 

COMO FICA: 

Com a vitória, o Tricolor subiu para a quarta colocação da competição, porém com um jogo a menso que o líder Flamengo e o vice-líder Franca e empatado em números de pontos e aproveitamento com o terceiro colocado Mogi.

PRÓXIMO JOGO:

O Tricolor volta à quadra neste sábado, novamente longe do Morumbi. Neste sábado, às 12h50, o Tricolor visita o Paulistano na casa do adversário, com transmissão da Band.

FOTO: Marcos Limonti

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara