in ,

Clubes brasileiros terão prejuízo milionário com futebol sem torcida

Futebol poderá retornar com portões fechados, o que será de extremo prejuízo para os clubes brasileiros 

Possibilidade de futebol voltar pode prejudicar os clubes brasileiros. A estimativa é que a perda seja milionária. 

Há apenas projeções de como pode ser o retorno ao futebol já que o isolamento social não tem data para acabar no país, a princípio será até o dia 22, mas essa data poderá mudar. 

Como não é necessário deslocamento por avião, terminar os Estaduais será mais fácil do que começar o Brasileiro ou retomar a Libertadores quando os agentes de saúde afrouxarem as quarentenas. Sem público no estádio, claro, o que fará os clubes perderam receitas importantes dos orçamentos para 2020.

Esses valores de bilheteria e com sócio-torcedor já estão perdidos, na avaliação de dirigentes. Mas ainda há como salvar cotas de direito de transmissão e patrocínio, que podem ser pagos se os campeonatos ocorrerem mesmo sem torcedores nos estádios. Essa é a esperança dos clubes.

Projeção de alguns clubes com receita de bilheteria e sócio-torcedor em 2020:

Flamengo – R$ 108 milhões  (bilheteria e operação de estádio) – 96 milhões (sócio-torcedor)
Corinthians – R$ 71 milhões  (bilheteria) – 13 milhões (sócio-torcedor)
Palmeiras – R$ 64 milhões (bilheteria) – 55 milhões (sócio-torcedor)
São Paulo – R$ 53 milhões (bilheteria) – 15 milhões (sócio-torcedor)
Bahia – R$ 20 milhões  (bilheteria) – 28 milhões (sócio-torcedor)
Atlético-MG – R$ 19 milhões (bilheteria) – 22 milhões (sócio-torcedor)
Internacional – R$ 18 milhões (bilheteria)
Santos – R$ 15 milhões (bilheteria)
Vasco – R$ 11 milhões (bilheteria)
Botafogo – R$ 11 milhões (bilheteria) – 9 milhões (sócio-torcedor)

Foto: saopaulofc.net
Fonte: UOL Esporte

O que achou?

Escrito por Natália Milreu