in ,

CET cobra São Paulo por organização de trânsito no Morumbi na Justiça

A CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), responsável pelo trânsito na capital paulista, pede ressarcimento de custos operacionais que chega a quase 1 milhão

O São Paulo está sendo cobrado na Justiça pela CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) pelo fechamento de ruas em jogos do time no estádio do Morumbi. 

O órgão vinculado à Prefeitura de São Paulo, que é responsável pelo gerenciamento, operação e fiscalização do trânsito da capital paulista, cobra R$ 838.660,48 do São Paulo. 

Em processo que corre na 3ª Vara da Fazenda Pública, e ao qual a ESPN teve acesso, a organização pede ressarcimento de custos operacionais pelo fechamento de ruas e monitoramento de tráfego na região do Estádio do Morumbi em dias de jogos do Tricolor.

O período cobrado vai de 20/01/2018 a 26/11/2018, em um total de 32 partidas do time profissional e um clássico contra o Corinthians na categoria sub-20.

Na ação, a companhia diz que esteve aberta a realizar audiência de conciliação para resolver a questão, mas o São Paulo não quis, como consta no próprio processo.

“Cumpre informar ainda que administrativamente a autora, durante os anos de 2016 e 2017, realizou uma série de reuniões com o réu e com outros clubes da capital paulista, objetivando as tratativas de um potencial acordo, onde inobstante tenhamos logrado êxito para o recebimento de grandes clubes como Corinthians e Santos, o clube réu entendeu por bem não formalizar acordo para o pagamento da dívida em aberto”, escreveram os advogados da entidade.

A CET ainda exige que o time tricolor arque com o “pagamento de custas e demais despesas apuradas no curso desta ação e em honorários advocatícios”.

Vale lembrar que as brigas entre os times paulistas e o órgão são antigas. Em outubro de 2018, o próprio São Paulo foi cobrado em R$ 1.386.081,63 pela CET pelo mesmo motivo.

Já em julho de 2018, também houve cobrança de R$ 2.247.375,52 em cima do Palmeiras pelas operações de fechamento da Rua Palestra Itália, em frente ao Allianz Parque.

Corinthians, Santos, Juventus e Portuguesa também já enfrentaram a CET na Justiça.

Foto: Divulgação
Fonte: ESPN Brasil 

O que achou?

Escrito por Natália Milreu