in

Ceni fala sobre empate e reclama da arbitragem e gramado do Castelão

Rogerio Ceni, treinador do SPFC em 2017. (Foto: Alexandre Schneider/Getty Images)

O técnico criticou o gramado da Arena Castelão e alegou que tal fato atrapalhou o desempenho da equipe

Durante a coletiva de imprensa pós jogo, Rogério Ceni analisou o empate do São Paulo por 1 a 1 contra o Fortaleza em partida disputada neste domingo (8) pelo Campeonato Brasileiro. O técnico criticou o gramado da Arena Castelão e alegou que tal fato atrapalhou o desempenho da equipe.

Com passagens pelo Leão, Ceni disse que a situação do gramado, devido à época de chuvas no Nordeste, prejudicou o Tricolor paulista. O treinador do Tricolor paulista também afirmou que considerou o desempenho da sua equipe inferior ao que foi apresentado na última disputa pelo Brasileiro, contra o Red Bull Bragantino.

“As duas equipes precisavam de um gramado melhor, natural, onde você consiga criar mais. Quando o gramado não está tão bom, é natural que seja mais fácil de destruir jogadas. Sei que o Fortaleza finalizou mais que a gente, com mais distâncias, chutes cruzados na área, mas dificulta. A gente sabe que essa época de chuva machuca muito o gramado e acaba tendo erros de passes, construção, mas ofensivamente não criamos tanto quanto no jogo do Bragantino”, falou.

Rogério Ceni aproveitou para criticar o árbitro que, de acordo com o treinador, parou a partida em uma lance desnecessário e que não estava previsto por regra.

“Tem que começar a melhorar nesse sentido, apesar de sair na frente e ter feito o gol, o árbitro parou uma jogada que não tem como ele parar, uma falta cobrada na bola parada, não existe regra que impedisse isso. Mas isso mostra que a equipe do Fortaleza é uma boa equipe”, completou.

O São Paulo volta a campo contra o Juventude na próxima quinta-feira (12), às 19h30. O duelo será válido pelo jogo de volta da terceira fase na Copa do Brasil.

Foto: Alexandre Schneider/Getty Images
Fonte: LANCE!

O que achou?

Escrito por Natália Milreu