Cano 2.0? Zubeldía aposta no passado com artilheiro para insistir em Juan no São Paulo

Treinador tem dado oportunidades para o centroavante, alvo de críticas dos torcedores por causa de gols desperdiçados; centroavante do Flu vira exemplo

O técnico Luis Zubeldía tem dado oportunidades a jogadores contestados por torcedores do São Paulo. Alheio a críticas e retrospecto recente, o treinador aposta em expectativas antigas e em experiências próprias para não “abandonar” garotos no Tricolor. Um exemplo é o do atacante Juan, de 22 anos.

Revelado em Cotia, Juan costuma ser alvo de críticas dos torcedores, principalmente por, na visão de muitos, perder gols além da conta. Contra o Águia de Marabá e o Fluminense, duas das três partidas que fez como titular com Luis Zubeldía, o centroavante desperdiçou chances claras, dentro da área e até sem goleiro.

Isso, porém, não tem desanimado o treinador argentino, que viveu experiência parecida com um jogador conhecido no futebol brasileiro: German Cano. Destaque do Fluminense campeão da Libertadores de 2023, o centroavante conterrâneo de Zubeldía ganhou do técnico do São Paulo algumas de suas primeiras oportunidades no Lanús.

– É um atacante, para mim, é o mais centroavante depois do Calleri. É um jogador que permanentemente está dando opções profundas, tratando de marcar um movimento profundo. Depois, sempre digo o que passei com o Cano, no Lanús, onde tinha o Pepe Sand, que foi um goleador na Argentina.

– Eles às vezes terminam dando os gols que têm de dar, mas que a princípio erram. Passei isso com o Cano. Perguntem a ele como foi o processo. Claro que esperam gols dos atacantes, mas também têm de entender que às vezes isso não é tudo, porque o movimento, o espaço que pode nos dar o atacante, nesse caso o Juan, se ele não faz o gol, pode dar para quem está ao redor – disse Zubeldía, depois do empate com o Barcelona de Guayaquil, quinta-feira passada.

Nesta temporada, Juan, mesmo reserva, tem 11 jogos e três gols no São Paulo – dois contra o Águia de Marabá e um contra o Água Santa, ainda sob o comando de Thiago Carpini. Com o antigo treinador, que ficou por 19 partidas no Tricolor, porém, o centroavante só havia sido titular uma vez, no clássico contra o Santos.

Com Zubeldía, que está no São Paulo há apenas sete jogos, Juan já foi titular em três oportunidades.


Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Fonte: Globo Esporte

Não perca nada sobre nosso São Paulo FC!
Siga o SPFC Notícias em nossas redes sociais: Instagram Twitter Facebook | Threads | Whatsapp


Leave your vote

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.