Balanço São Paulo no Brasileirão

O São Paulo encerrou sua participação no campeonato brasileiro 2019 deixando muito a desejar

O único ponto positivo nesta campanha do Brasileirão deste ano foi a defesa. Com os zagueiros Bruno Alves, Arboleda e o goleiro Tiago Volpi como destaque, o sistema defensivo do Tricolor foi o menos vazado na competição. De resto, nada prestou.

O pior quesito foi o ataque. O desempenho ofensivo deste ano foi um dos piores da história do São Paulo. 

Veja aqui com detalhes, os principais quesitos analisados no BR-19:

 

INDIVDUALMENTE:

Artilheiro: Vitor Bueno (6)
Mais assistências para gols: Antony (6)
Mais assistências para finalizações: Daniel Alves (48)
Mais jogos: Tiago Volpi (37)
Mais cartões amarelos: Reinaldo (8)
Mais cartões vermelhos: Igor Vinícius (2)
Mais cruzamentos: Reinaldo (174)
Mais cruzamentos certos: Daniel Alves (47)
Mais cruzamentos errados: Reinaldo (131)
Mais desarmes: Tchê Tchê (77)
Mais desarmes certos: Reinaldo (72)
Mais dribles: Antony (53)
Mais dribles certos: Antony (38)
Mais dribles errados: Reinaldo (16)
Mais faltas cometidas: Daniel Alves (52)
Mais faltas recebidas:
Antony (79)
Mais finalizações: Antony (62)
Mais finalizações certas: Antony (29)
Mais finalizações erradas: Reinaldo (37)
Mais impedimentos: Alexandre Pato (12)
Mais lançamentos: Tiago Volpi (412)
Mais lançamentos certos: Tiago Volpi (144)
Mais lançamentos errados: Tiago Volpi (268)
Mais passes: Tchê Tchê (1650)
Mais passes certos: Tchê Tchê (1542)
Mais passes errados: Reinaldo (190)




COLETIVO:

Posição: 6º

1º melhor defesa (30 gols sofridos) – média: 0,8
1º em faltas cometidas (623) – média: 16,4
3º em passes errados (1.419) – média: 37,3
4º em desarmes (733) – média: 19,3
4º em desarmes certos (643) – média: 16,9
5º em passes (16.638) – média: 437.8
5º em passes certos (15.219 ) – média: 400,5
5º em posse de bola (2.052 minutos) – média: 54%

5º em impedimentos (58) – média: 1,5
5º em pênaltis cometidos (4) – média: 0,1
6º em cartões vermelhos (6) – média: 0,2
6º em faltas sofridas (580) – média: 15,3
7º em assistência para gol (31) – média: 0,8
7º em assistência para finalização (
370) – média: 9,7
7º em dribles certos (183) – média: 4,8
8º em dribles errados (68) – média: 1,8
8º em dribles (251) – média: 6,6
8º em finalizações (481) – média: 12,7
8º em finalizações certas (185) – média: 4,9
9º em finalizações erradas (296) – média: 7,8
9º em defesas (182) – média: 4,8
11º em cartões amarelos (85) – média: 2,2
11º em cruzamentos certos (177) – média: 4,6
12º em gols (39) – média: 1,02
13º em desarmes errados (90) – média: 2,4
15º em cruzamentos (784) – média: 20,6
15º em cruzamentos errados (607) – média: 15,9
15º em grandes chances (53) – média: 1,4
16º em pênaltis sofridos (4) – média: 0,1
17º em lançamentos errados (572) – média: 15,1
19º em lançamentos (878) – média: 23,1
19º em lançamentos certos (306) – média: 8,1

FOTO: Gazeta Esportiva