in , ,

Atuações | Racing 1×3 São Paulo

Jogadores do São Paulo no Estádio El Cilindro. (Foto: Twitter São Paulo)

O São Paulo foi até o Estádio El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina, e saiu com a classificação para às quartas de final da Libertadores

Após vencer o Racing por 3 a 1, com gols de Rigoni (2) e Marquinhos, o Tricolor se classificou na Copa Libertadores e irá enfrentar o vencedor do duelo entre Palmeiras x Universidad Catolica.

Veja as notas dos jogadores do Tricolor:

Tiago Volpi (GOL) – Não teve culpa no gol do Racing e quando exigido, foi bem, fazendo inclusive uma ótima defesa quando o jogo já estava 3 a 1. NOTA: 6,5

Arboleda (ZAG) – Fez mais uma boa partida. Seguro no jogo aéreo e com boa saída, o equatoriano mostra porque é importantíssimo para a equipe. NOTA: 6,5

Miranda (ZAG) – Um monstro! Miranda foi um dos melhores em camp. Ótimos desarmes, bons passes e uma qualidade incrível. NOTA: 7,5

Léo (ZAG) – Cada vez mais seguro. Deu boas opções de passes pelo lado esquerdo e cumpriu seu papel na defesa. NOTA: 6,5

Igor Vinícius (ALA D) – O pior em campo. Errou muito na parte ofensiva. Na marcação, fez o básico. NOTA: 5,0

Liziero (VOL) – Desempenhou a função de primeiro volante e ajudou bem na marcação, sendo o responsável pelo desarme que resultou no segundo gol são-paulino. NOTA: 6,5

Gabriel Sara (MEI) – No comecinho do jogo quase marcou um golaço de fora da área. Deu alguns espaços no meio campo, mas foi bem. NOTA: 6,0

Martín Benítez (MEI) – Muito bem em campo, dá mita mobilidade na parte ofensiva. Além de dar passes para finalizações, deixou Marquinhos em ótima condição para marcar. NOTA: 7,0

Wellington (ALA E) – Bons passes, cruzamentos e muita disposição. Merece ficar mais como titular. Participou efetivamente na construção do terceiro gol, iniciando a jogada. NOTA: 7,0

Marquinhos (ATA) – Primeiro jogo como titular, um jogo gigante, o garoto de 18 anos mostrou que não tem medo. Aposta de Crespo, Marquinhos quase abriu o placar, mas Arias salvou. A bola sobrou para Rigoni, que tirou o 0 do placar. Na segunda chance, o garoto não perdeu e fez seu primeiro gol como profissional. Ainda deu passe para Rigoni fazer o terceiro. NOTA: 8,5

Rigoni (ATA) – Oportunista, aproveitou sobra de bola para abrir o placar. Participou muito do jogo e ainda fez mais um na etapa final. NOTA: 9,0

SUPLENTES

Luan (VOL) – Entrou no lugar de Benítez aos 15 do segundo tempo e teve 100% de aproveitamento nos passes, além de melhorar a marcação no meio-campo. NOTA: 6,5

Rodrigo Nestor (VOL) – Substituiu Liziero na metade da segunda etapa e tocou poucas vezes na bola, mas ajudou na postura defensiva da equipe. NOTA: 6,0

Reinaldo (LE) – Entrou na vaga de Marquinhos e ajudar na recomposição defensiva da equipe, cumprindo sua função. Ainda, teve um chute defendido por Arias de fora da área. NOTA: 6,0

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara