in

As 3 maiores jogadoras de futebol feminino da história

Marta Hall da Fama. (Foto: Fernando Frazão - Agência Brasil)

Praticado por mais de 270 milhões de pessoas, um 4% da população mundial, não há dúvidas de que o jogo de bola é o esporte mais popular do planeta e o preferido de milhares de fanáticos, independentemente da equipe pela que torçam.

Todos os dias escutamos notícias sobre o desempenho esportivo, o mercado de passes dos maiores e, em ocasiões, a vida privada dos maiores craques e dos mais famosos atletas masculinos desta disciplina.

No entanto, o futebol não é apenas um esporte para homens. Nos últimos anos surgiram várias jogadoras que merecem entrar na história por serem excelentes representantes do jogo bonito.

As 3 maiores jogadoras de futebol dos últimos tempos

Embora apenas tenham passado 20 anos desde a primeira Copa do Mundo de Futebol Feminino, que aconteceu em 1991, o mundo futebolístico já possui diferentes mulheres que são verdadeiras craques com a bola.

Mia Hamm

Mariel Margaret Hamm é uma das máximas expoentes desta disciplina. Nascida nos Estados Unidos, ela foi eleita em 2001 e 2002 como a melhor jogadora do mundo pela FIFA. Em 2004 também foi selecionada entre os maiores 150 atletas vivos pelo mesmo órgão.

Esta atacante norte-americana marcou 158 gols em 275 partidas pela Seleção Nacional do seu país e foi campeã de duas Copas do Mundo, em 1991 e 1999, e de duas edições das Olimpíadas, em Atlanta 1996 e Atenas 2004, além de conseguir a medalha de prata dos Jogos Olímpicos de Sydney em 2000.

Sua popularidade é tão grande que além de aparecer em centenas de produtos e em jogos de videogame, também fizeram um documentário sobre sua vida e até foi chamada para um episódio do seriado Friends.

Marta

Nascida no Estado de Alagoas e apelidada de “Rainha”, Marta Vieira da Silva é simplesmente a maior artilheira da história da Seleção Brasileira, tanto masculina como feminina, pois possui um recorde de 110 gols.

Marta nunca ganhou uma Copa do Mundo nem conquistou uma medalha de ouro nos Jogos Olímpicos. No entanto, isto não lhe impediu de ser considerada a melhor jogadora do planeta pela FIFA em 6 oportunidades (2006, 2007, 2008, 2009, 2010 e 2018), superando muitos de seus pares masculinos.

Como se os reconhecimentos não fossem suficientes, em 2019 ela virou a maior artilheira da Copa do Mundo de Futebol Feminino e a jogadora com maior quantidade de tantos em Copas do Mundo, incluindo homens e mulheres na contagem.

Marta atuou em diferentes equipes brasileiras, europeias e norte-americanas. Atualmente joga no time Orlando Pride, nos Estados Unidos.

Birgit Prinz

Originária de Frankfurt, na Alemanha, Prinz é uma das maiores jogadoras europeias da história.

A ex-centroavante começou sua carreira muito nova, aos 16 anos de idade, no time FSV Frankfurt. Nesse momento foi convocada para agir na Seleção Nacional Alemã e se tornou campeã em seu continente.

Prinz foi eleita em 2003, 2004 e 2005 como a melhor jogadora do mundo pela FIFA, ganhou a Copa do Mundo em 2003 e 2007 e a Eurocopa Feminina em 1995, 1997, 2001, 2005 e 2009.

Seu sucesso também chegou aos Jogos Olímpicos, nos quais conquistou a medalha de bronze nas edições de 2000, 2004 e 2008.

O que achou?

Escrito por Natália Milreu