in ,

Após noite mágica, Lucas Moura fala sobre o São Paulo e desejo de voltar ao Brasil

Após completar 450 jogos e levar o Tottenham à final da UCL ao marcar três gols, Lucas falou sobre o feito histórico e lembrou do São Paulo

Nesta quarta-feira (8), o ex-jogador do São Paulo chegou a 450 jogos na carreira, sendo o último, muito especial para ele, seus fãs e claro, para o Tottenham.

O time inglês, que perdeu o primeiro jogo da semifinal (em casa) por 1 a 0, teria de vencer a partida na Holanda para se classificar, porém, o inesperado aconteceu e o primeiro tempo da partida terminou com uma vitória do Ajax por 2×0.

Agora, para se classificar, o Tottenham teria de fazer três gols em 45 minutos. E fez! Ou melhor, Lucas Moura fez. Ídolo do São Paulo, Lucas esteve presente no último título tricolor, a Copa Sul-Americana de 2012, e agora entrou de vez para a história do clube londrino.

O brasileiro foi o herói da classificação inédita do Tottenham a uma final de Champions League. Com três gols na etapa final da partida, sendo o último aos 50 do segundo tempo, os Spurs se classificaram pela primeira vez para a final da principal competição europeia de clubes desde sua fundação, em 1882.

Sabendo que muitos torcedores do São Paulo torcem pelo Tottenham por ele defender o clube, Lucas disse que acompanha o Tricolor e crê em resultados positivos para esta temporada, no Morumbi.

“Acompanhei a fase final do Paulistão, estou sempre acompanhando o futebol no Brasil, acompanhando o São Paulo, torcendo bastante. Acho que o São Paulo cresceu muito durante o Paulista e começou bem o Brasileiro. Acho que vai crescer mais ainda com a chegada dos novos jogadores. Tem elenco, tem time para brigar por títulos, e vou estar sempre torcendo”, disse.

Lucas ainda disse sobre o desejo de voltar a jogar no Brasil, mas que ainda não é o momento certo.

“O objetivo para os próximos anos é continuar crescendo, aproveitar cada temporada. Quero ganhar títulos com a camisa do Tottenham. Acho que o time vai ganhar um outro status, o projeto é muito bacana e quero muito fazer parte disso tudo, com o novo estádio. A equipe ficará muito forte para a próxima temporada e quero fazer história neste clube. Voltar para a Seleção sempre foi um grande objetivo. E sobre jogar no Brasil, eu sempre tive essa ideia, desde que saí do São Paulo: fazer minha história na Europa e depois voltar. Mas agora não dá para falar em prazo”, concluiu.

Em 47 jogos com a camisa do time inglês, Lucas fez 47 jogos, anotou 15 gols e deu uma assistência.

FOTO: Divulgação

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara