Ainda temos motivos para acreditar no título

Em 2008, quando o São Paulo foi campeão Brasileiro, fechamos a 28ª rodada com 49 pontos (52 hoje) e a diferença para o líder era igual ao deste ano

Temos motivo para acreditar que a equipe de Diego Aguirre pode melhorar de rendimento e levantar o caneco no fim do ano. 

Em 2008, quando fomos campeões da competição, no fim da 28ª rodada, estávamos com 49 pontos (hoje tem 52), em quinto um lugar. A distância para o líder, que também era o Palmeiras naquela ocasião, era a mesma: quatro pontos. 

O que aconteceu em 2008, é mais um motivo para a gente ainda acreditar no título em 2018. Nas últimas dez rodadas daquele ano, o São Paulo acumulou oito vitórias e dois empates. Foi campeão com 75 pontos, três a mais que o Grêmio.

Em 2008, o nosso primeiro turno não foi igual ao de 2018, foi pior. A equipe de Diego Aguirre fez 41 pontos, oito a mais do que os comandados de Muricy há dez anos.

A principal diferença entre as duas campanhas é que o momento da equipe de Muricy não estava conturbado como parece que está o do Tricolor neste ano. Após nove rodadas do segundo turno, acumulava quatro vitórias, quatro empates e só uma derrota. Em 2018, são duas vitórias, cinco empates e duas derrotas nos nove primeiros jogos do returno.

Foto: Divulgação
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *