Aguirre: “Defendemos a liderança, o que é muito importante”

Treinador do Tricolor, Diego Aguirre fala que a equipe não fez um bom jogo, mas foi eficaz e defendeu a liderança, o que é importante 

Diego Aguirre entrou com um time misto para enfrentar a Chapecoense, no Morumbi, neste domingo. As mudanças que o treinador fez deram resultado, Edimar, que entrou no lugar de Reinaldo, fez o passe para Shaylon, que entrou no lugar de Nene fazer o gol. 

O jovem abriu o placar para o Tricolor logo aos dois minutos do primeiro tempo. Já no segundo tempo, o comandante colocou Rojas e Hudson, e os dois também participaram do lance do segundo gol onde o volante balançou as redes pela segunda vez. 

Aguirre explicou que a opção por iniciar a partida com uma escalação diferente faz parte de um planejamento envolvendo vários profissionais da comissão técnica.

“Temos um planejamento. Quando vimos no nosso calendário de jogos que tinha viagens longas e seguidas, deixamos combinado entre a comissão técnica, médicos, fisiologistas para tomar a decisão em conjunto de fazer algumas trocas. Nosso intuito são trocas para não machucarem por fadiga e darmos oportunidade para todos os jogadores que estão bem em jogos possíveis”, comentou. 

Apesar da vitória, o uruguaio reconheceu que o Tricolor não fez uma boa partida, mas o time foi eficaz para continuar na liderança do Brasileirão. 

“Foi uma vitória merecida, não fizemos um grande jogo, mas defendemos a liderança, o que é muito importante”, disse. 

“Fizemos muitas trocas, talvez isso faça com que o time não tenha um nível esplendor em algumas partidas, mas muitos jogaram individualmente muito bem, mesmo com o time abaixo. O nosso time, no geral, está cada vez melhor, mais confiante, e manteremos a postura de um time grande”, ressaltou. 

Com 41 pontos ganhos em 19 jogos, o São Paulo abriu três pontos para o vice-líder e também sagrou-se o “campeão do primeiro turno”.

Para Aguirre, o que tem que ser comemorado são os bons resultados que mostram que a equipe está no caminho certo. Mas o treinador já está com o foco no próximo adversário, o Paraná, na próxima quarta-feira, dia 22, às 19h30, em Curitiba.

“Simplesmente um dado, porque fala do que estamos fazendo bem, estamos na posição que muitos não acreditavam há três meses. Futebol é maravilhoso e marcado por esses momentos. Mas falta muito. Não podemos confiar que manteremos apenas por estarmos bem agora, têm muitos times fortes, temos que sempre pensar no próximo jogo, não pensar em mais nada, em nenhum dado, liderança. Serão três dias apenas para jogar em Curitiba e tentar manter a posição. Muita coisa pode acontecer. Temos que sempre vencer o próximo jogo”, finalizou.

Foto: Rubens Chiri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *