Adversário tricolor, San Lorenzo perde jogo de ida na Recopa

Em atuação fraca, San Lorenzo conta com a sorte para não ser goleado no Monumental de Nuñez

Um dos adversários mais perigosos para o tricolor na primeira fase da Libertadores, os argentinos do San Lorenzo disputaram ontem contra o River Plate a primeira partida válida pela Recopa Sul-Americana. Esse ano, a competição fará seus dois jogos em fevereiro, devido a um acordo entre os atuais campeões continentais.

E se algum são-paulino ainda tinha grandes temores com relação ao time de Almagro, com certeza ganhou muita esperança após assistir a partida realizada no Monumental de Nuñez. Mostrando grandes problemas defensivos, o San Lorenzo foi imensamente pressionado pelos Milionários nos 45 minutos iniciais, com pelo menos cinco chances claras desperdiçadas pelo River.

+ Dória é tricolor !

Em pelo menos duas delas, o goleiro Torrico teve que operar verdadeiros milagres, contando outras três vezes com a trave para salvar a pele do Ciclón.

O time do Papa Francisco começou melhor a segunda etapa, tendo duas chances claras de marcar, mas sua falta de pontaria acabou sendo punida nos minutos finais. Aos 32 minutos, o meia Sanchez do River Plate recebeu ótimo passe dentro da grande área e soltou a bomba, com um toque na bola de Torrico antes dela estufar as redes em Buenos Aires.

Na próxima partida, qualquer empate dá o título ao time da capital argentina, sendo necessário uma vitória do San Lorenzo por no mínimo dois gols de diferença para a taça ficar no Nuevo Gasometro. Na Recopa, o sistema de disputa é o mesmo da final da Liberta, onde gols fora de casa não contam como critério de desempate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *