Leco lança candidatura oficial com indiretas à oposição que contra-ataca com situação atual do clube

Na noite desta quarta-feira em evento particular na zona sul de São Paulo, o presidente Leco e o ex-presidente José Eduardo Mesquita Pimenta, ou apenas “Pimenta” como é conhecido, lançaram suas candidaturas para a eleição presidencial que ocorrerá em abril, com mandato válido até 2020.

Em seu discurso Leco preferiu frisar o amor ao clube, longe dos interesses pessoais que demonstram ter o seu oponente em relação ao clube. Leco os conceitos pregados por Abílio Diniz, ex-CEO do clube que defende a profissionalização da gestão sob um novo conceito também no aspecto financeiro:

Eu quero afirmar que o São Paulo não precisa de um patrão, precisa de todos nós, unidos, pessoas que bem intencionadas visam apenas o benefício dessa instituição que tanto amamos.

Resultado de imagem para leco candidatura presidente
Foto: Alexandre Lozetti/globoesporte.com

O São Paulo se move pelo amor que cada um de nós tem pelo clube e não por ordens vindas de fora, e não por interesses de fora.  O São Paulo não precisa de prepostos, de pessoas marcadas pela subordinação a interesses que nos são estranhos. Isso é inaceitável.” – disse o atual presidente.

No mesmo local, Pimenta com o lema “São Paulo unido e vencedor” lançava oficialmente também sua candidatura. O ex-presidente acompanhado de conselheiros da sua chapa eleitoral e do braço direito Abílio Diniz, preferiu citar a situação complicada do clube nos últimos tempos para criticar a gestão do atual presidente e oponente na eleição:

Mais do que nunca precisamos sair do marasmo que nos atrasou. O São Paulo precisa inovar. Está na hora de construir nossa essência. Hoje há atraso, nos tornamos um clube endividado. Arrecadamos menos do que os rivais que enxergávamos pelo retrovisor. Nossa gestão foi campeã de tudo, nos campos e nas finanças. A aprovação do novo estatuto foi uma das poucas vitórias. Elaboramos nosso plano de gestão com consultorias renomadas. Chegou a hora do basta. Basta de incompetência e má gestão” – disse Pimenta.

+ Diretoria está perto de anunciar novo coordenador técnico de Cotia. Saiba mais!

Em entrevista Abílio Diniz, disse que o São Paulo precisa dos mesmos caminhos tomados por Pimenta em sua gestão (1990-1994) quando o clube teve sua maior época vencedora. Abílio criticou a gestão atual e espera não prosseguir com o presidente Leco nos próximos 3 anos.

Pimenta e Abilio Diniz lançamento candidatura (Foto: Marcelo Hazan)
Foto: Marcelo Hazan/globoesporte.com

Leave your vote

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Forgot password?

Enter your account data and we will send you a link to reset your password.

Your password reset link appears to be invalid or expired.

Log in

Privacy Policy

Add to Collection

No Collections

Here you'll find all collections you've created before.