10 jogadores com mais partidas na Libertadores

O ranking é liderado pelo Mito Rogério Ceni, que além de bi-campeão, é recordista de gols na história do futebol mundial

Onefootball  mostra, ainda, quem completa o Top-10 entre os brasileiros. Confira:

1 – Rogério Ceni – 90 jogos

Vídeo incorporado

O recordista é Rogério Ceni, hoje técnico do Fortaleza e maior ídolo da história do São Paulo. Foram 1.197 jogos pelo Tricolor, marcando 129 gols.

Ele entrou em campo 90 vezes pela Libertadores e fez 14 gols. Foi reserva no título de 1993 e campeão como capitão e destaque em 2005.


2 – Fábio – 83 jogos

O goleiro do Cruzeiro assumiu a segunda colocação no jogo de volta das oitavas de final contra o River Plate na Libertadores de 2019.

São dois jogos pelo Vasco na edição de 2001 e 80 com a Raposa vice-campeã em 2009.


3 – Danilo – 82 jogos

Com títulos no São Paulo e Corinthians, o jogador é considerado por muito, ídolo nos dois times.


4 – Henrique – 80 jogos

Atual volante do Fluminense, soma partidas por Cruzeiro e Santos no torneio. Foi vice com a Raposa em 2009 e campeão pelo Santos em 2011.


5 – Manga – 73 jogos

O histórico goleiro de Botafogo e Internacional foi ser campeão da Libertadores em 1971 com o Nacional, do Uruguai, clube em que também é ídolo.


5 – Leonardo Silva – 73 jogos

O hoje ex-zagueiro fez história com a camisa do Atlético-MG, clube pelo qual disputou a maioria dos jogos no torneio que levou em 2013. Antes, defendeu o Cruzeiro na competição.


7 – Roger Machado – 69 jogos

Ex-lateral-esquerdo e zagueiro e atual técnico do Bahia, foi campeão em 95 com o Grêmio e vice com o Fluminense em 2008.


8 – Kleber – 68 jogos

O ex-lateral-esquerdo teve passagens vitoriosas por Corinthians, Santos e Internacional. Conquistou a edição de 2010 com o Colorado.


8 – Victor – 68 jogos

Victor, goleiro do Atlético-MG, foi mais do que decisivo para o título do Galo em 2013. Ele já havia atuado no torneio pelo Grêmio.


10 – Fábio Santos – 66 jogos

O lateral-esquerdo do Atlético-MG conquistou a competição por São Paulo e Corinthians. Ainda soma jogos no torneio por Grêmio e Galo.