in

Visita ilustre no Uruguai: Pablo Forlán

Ex-jogador do tricolor, Forlán visitou delegação são-paulina no hotel

Concentrada para o importante duelo contra o Danubio-URU hoje às 22h, a delegação são-paulina recebeu a ilustre visita de Pablo Forlán. Durante o dia de ontem, o uruguaio aproveitou a hospedagem do Tricolor em Montevidéu para conversar com os jogadores do tricolor, como o goleiro Rogério Ceni, e rever o amigo Milton Cruz.

“Tenho grandes amigos no futebol, como o Forlán, que é um cara sensacional. Muito bom receber a visita dele. Até hoje trocamos informações e nos ajudamos no futebol”, afirmou o coordenador técnico do São Paulo, que pôde conversar com o ala no hotel ao lado do M1TO.

+ São Paulo fecha patrocínio com empresa aérea

Campeão de tudo pelo Peñarol nos anos 60, o ex-lateral-direito veio ao São Paulo para acabar com o jejum que já durava 13 anos. Assim, com a tradicional raça celeste, fortaleceu a equipe nas conquistas dos Campeonatos Paulistas de 1970, 1971 e 1975. De 1970 a 1975, o ala disputou 234 jogos pelo Tricolor e balançou as redes nove vezes. No entanto, não foram pelos gols marcados que Forlán escreveu o seu nome na história do clube.

O uruguaio se destacava pela garra dentro de campo. Então, atribui-se a ele a frase: “O melhor momento de se amedrontar os adversários são os primeiros cinco minutos do jogo, quando o juiz nunca dá cartão”.

No período em que atuou no futebol brasileiro, o lateral travou grandes duelos com Ney, do Palmeiras, que sempre reservavam uma atração à parte no Choque-Rei.

O que achou?