Home > Destaques > Veja como o São Paulo lidou com o caso Régis

Veja como o São Paulo lidou com o caso Régis

O lateral-direito teve seu contrato rescindido com o São Paulo no fim do mês passado. Veja como o clube lidou com o problema e tentou ajudar o jogador

O site LANCE! trouxe bastidores sobre o caso do lateral Régis, que teve sei contrato rescindido com o clube no mês passado por conta de problemas álcool e drogas.  

Antes de contratá-lo, o São Paulo buscou informações sobre Régis e sabia do seu problema fora dos gramados. 

O lateral despertou o interesse do Tricolor após bons jogos no São Bento pelo Campeonato Brasileiro. A conduta do jogador no clube do interior foi elogiada, o que fez a diretoria são-paulina dar um voto de confiança ao assinar contrato de um ano com a possibilidade de renovação por mais três. 

Quando estreou pelo São Paulo, Régis foi muito bem, teve um começo animador. Mas depois de alguns meses o problema fora dos gramados apareceu, e o jogador falou a verdade para o clube. Teve conversas abertas com a diretoria e recebeu toda a assistência necessária para contornar a situação. Em junho, quando teve seu contrato suspenso para tratar do tema, o Tricolor manteve sua posição e não se omitiu ao tentar ajudar Régis.

Depois de um mês afastado, o lateral voltou a trabalhar no CT da Barra Funda e, após um trabalho de recondicionamento físico e muscular, foi reintegrado ao grupo. Para preservar sua imagem, o São Paulo optou por não colocar o atleta para dar entrevistas aos jornalistas.

Régis voltou, jogou alguns jogos, mas os problemas com álcool e drogas voltaram, o São Paulo então decidiu conversar com o jogador e rescindir o seu contrato.  

O próprio Régis assumiu que o clube não lhe faltou com apoio e compreensão para tratar do tema e, inclusive, agradeceu o Tricolor pelo suporte que lhe foi cedido.

“Antes de qualquer coisa que será falada aqui, não poderia deixar de agradecer ao São Paulo pelo suporte que me deu no período em que estive no clube. Porém, algumas atitudes desrespeitosas que violaram e desrespeitaram minha imagem me deixaram muito decepcionado (não da parte do clube), mas de pessoas que estão completamente envolvidas com o futebol nacional que não tiveram o mínimo de respeito pela minha pessoa. Erros ocorreram? Sim ocorreram, mas isso não dá o direito de me exporem da maneira como foi feito e tem sido feito”, explicou o jogador em sua postagem no Instagram. 

Régis já falou que teve problemas com álcool e drogas, mas que não é um dependente. Agora ele busca um novo clube. O próprio São Bento tem interesse de abrir conversas com o atleta e lhe oferecer uma nova oportunidade para 2019.

Foto: Igor Amorim/São Paulo FC