Um triste tom de conformismo são-paulino

Declarações mostram um grupo conformado com a eliminação sofrida na Vila Belmiro

Restou apenas se resignar após mais uma apresentação de baixo nível técnico por parte do São Paulo. Se na última quarta-feira a fragilidade do Danubio-URU permitiu a virada, hoje contra o SFC o time passou longe de, em algum momento, merecer ir a final do Paulistão.

Em entrevistas logo após o revés na Vila Belmiro, o tom era apenas de lamentação, a mesma que vem sendo presenciada há tempos pela torcida tricolor. O atacante Alexandre Pato negou uma possível falta de vontade, pelo menos de sua parte:

“Faltou o que fizemos no fim. Fomos para cima e conseguimos o gol. E acredito que tenha faltado isso no primeiro tempo. Fiz o meu melhor, lutei, trabalhei, mas agora é trabalhar mais.”

+ Jejum do Paulistão continua…

De acordo com o ponto de vista do volante Hudson, o mérito foi mais da defesa santista do que uma deficiência do time são-paulino:

“Lutamos até o final e buscamos o gol de empate, mas infelizmente não conseguimos marcar de novo. A equipe acreditou até o fim, mas a defesa deles conseguiu impedir que a gente empatasse.”

Opinião: Além do prejuízo a nível de campeonato, o ânimo da equipe, que já era frágil, fica ainda mais esfacelado, algo que deixa uma vitória diante do SCCP na quarta-feira com um grau ainda maior de importância. Se já estava difícil, ficou ainda mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *