in

Tricolor lança novo uniforme e Aidar celebra acordo

Presidente do tricolor afirma que clube irá receber R$ 75 milhões da Under Armour por cinco temporadas

“O maior contrato de fornecimento de material esportivo existente no futebol brasileiro.” Foi assim que o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, definiu o acordo entre São Paulo e Under Armour, responsável pelo uniforme do tricolor pelas próximas cinco temporadas. O evento de lançamento ocorreu nesta segunda-feira, em um camarote do estádio do Morumbi. A estreia da nova camisa será na quarta-feira, contra o Cruzeiro também no Morumbi, pela Taça Libertadores.

“Estamos muito felizes com esse acordo. Não há nada igual no futebol brasileiro. Nem mesmo na Seleção Brasileira. Além do valor que receberemos em dinheiro, o contrato estabelece o fornecimento de 75 mil peças por ano e ainda teremos 13% de direito sobre os royalties. A Under Armour já é a marca mais importante nos Estados Unidos e, em três anos, acredito que será a maior do mundo. Por isso, é significativo o São Paulo ter uma empresa desse porte ao seu lado”, declarou o presidente tricolor.

O evento de lançamento do novo uniforme teve apresentação do ator são-paulino Rodrigo Lombardi. Os jogadores presentes foram Paulo Henrique Ganso, Souza, Rodrigo Caio, Denis, Centurión, Renan Ribeiro e Boschilia.

+ São Paulo lança cards virtuais e planeja homenagens a ex-jogadores

Inicialmente, o dirigente não quis falar sobre os valores envolvidos no negócio. Depois, revelou que o clube receberá R$ 75 milhões em dinheiro durante os cinco anos, o que dá R$ 15 milhões por temporada. Por ano, o clube receberá R$ 12 milhões em material esportivo. Estimativas feitas pelo departamento financeiro apontam que, de royalties, o clube deverá receber algo em torno de R$ 5 milhões por ano. Com isso, o valor total por temporada seria de R$ 32 milhões.

Aidar acredita que, com a presença da Under Armour, ficará mais fácil o clube achar um patrocinador master. O clube procura um parceiro desde a saída da Semp Toshiba, após a Copa de 2014. Nos jogos contra Danubio e Corinthians, o clube estampou o nome da Copa Airlines na sua camisa. A empresa de aviação fechou um acordo de patrocínio para as mídias sociais do clube no valor de R$ 4 milhões por um ano.

“Todos os conselheiros estão convidados para irem ao jogo de quarta (contra o Cruzeiro) e ficarem no camarote. Eles ganharão a camisa uma camisa oficial de jogo ( que custa R$ 350) e os dois uniformes de torcedor (R$ 229 cada)”, finalizou Aidar, fazendo um convite aos conselheiros do clube.

O que achou?