Home > Destaques > Sem Rojas, disputa no ataque aumenta!

Sem Rojas, disputa no ataque aumenta!

Com a ausência de Rojas, seis jogadores disputam a vaga no ataque do Tricolor. As opções de Aguirre passam por um medalhão até garotada da base

Após a lesão na última partida do Tricolor, João Rojas está fora do restante dos jogos da temporada. Ele terá que passar por um procedimento cirúrgico nesta semana para corrigir o tendão patelar do joelho direito.

Com o desfalque de Rojas, Diego Aguirre está quebrando a cabeça para definir o substituto que irá enfrentar o Flamengo, no próximo domingo (04), no Morumbi. Veja um pouco de cada postulante a vaga:

Nene

Camisa 10 do Tricolor nos dois últimos jogos ficou na reserva. Sua preferência é de atuar mais centralizado. Sua escolha resultaria em uma mudança tática, com o time voltando a atuar no 4-3-3, com Nenê armando, Gonzalo e Reinaldo aberto; e Diego Souza como centroavante.

Tréllez

Sua característica é de atuar mais fixo, como homem de referência, mas também atua fora da área. O ataque seria formado por Diego Souza, Gonzalo Carneiro e Tréllez. Essa formação já foi usada no empate sem gols contra o Internacional, ainda no primeiro turno. E corre o risco de perder mobilidade.

LEIA MAIS

+ Milan estaria de olho em Rodrigo Caio
+ Santos pede quantia muito alta por Vanderlei 

Helinho e Antony

Revelados nas categorias de base do São Paulo, os jovens meias-atacantes são outras opções para assumir a vaga de Rojas. Nesta terça-feira, inclusive, Helinho voltou a trabalhar com o grupo após se recuperar de um problema no tornozelo e foi um dos destaques da atividade.

Por outro lado, a pouca experiência da dupla pode pesar contra sua utilização em um confronto considerado decisivo no clube do Morumbi. Aos 18 anos, os dois ainda nem sequer estrearam como profissionais, inclusive.

Bruno Peres

A exemplo do que faz com Reinaldo na esquerda, Aguirre pode improvisar Bruno Peres para jogar como um ala na direita. A mudança não seria novidade para o lateral, que atuou avançado na vitória sobre o Ceará e na derrota para o Palmeiras.

Araruna

O volante, também acostumado a jogar na lateral direita, seria outra improvisação no setor. Testado como meia no primeiro turno do Brasileiro, ele agradou e recebeu elogios de Aguirre após as vitórias sobre América-MG e Atlético-PR.

Foto: Rodrigo Gazzanel/ Gazeta Press