in

São Paulo vence com autoridade e mantém os 100% no Morumbi

O jogador Luis Fabiano do São Paulo comemora gol durante partida entre São Paulo x Grêmio, em partida válida pelo Campeonato Brasileiro 2015, no estádio do Morumbi em São Paulo, SP, neste sábado (6). Marcos Bezerra/Futura Press

Com pouco mais de 16 mil torcedores, o tricolor paulista bateu o gaúcho na estreia do treinador Osorio

Em uma noite agradável, a equipe do Morumbi venceu o Grêmio neste sábado, por 2 a 0 (gols de Luis Fabiano e Rogério Ceni), pela sexta rodada, e avançou na tabela. Com 13, o São Paulo está entre os primeiros colocados, a três pontos do líder Atlético-PR.

A partida desta noite marcou homenagem a Rogério Ceni pelo gol número 128 da carreira, feito no clássico com o time da baixada. Agora ele já tem 129, tornando-se, de maneira isolada, o décimo maior artilheiro da história do clube.

O jogo

O primeiro tempo de São Paulo e Grêmio foi basicamente ataque contra defesa. Melhor em campo e com maior posse de bola, nós dominamos as ações do jogo, enquanto os gaúchos se defendiam como podiam, enquanto isso, Michel Bastos foi o maestro: driblou, armou, desarmou, chutou…e quase marcou.

O gol são-paulino na primeira etapa, no entanto, não teve sua participação. Aos 26 minutos, após lançamento de Wesley, Rodrigo Caio desviou de cabeça, e Luis Fabiano, oportunista, completou, com muita calma o LF9 abriu o placar. O Grêmio teve excelente chance de empatar logo em seguida, quando Giuliano deixou Pedro Rocha na cara do gol. Ele bateu na saída de Ceni, mas a bola, caprichosamente, foi pra fora.

+ CONFIRA AS NOTAS DADAS AOS JOGADORES DO TRICOLOR PAULISTA

Na etapa final, o jogo não mudou muito. O São Paulo continuou melhor, e o Grêmio apostou mais uma vez no erro do adversário para tentar o contra-ataque. Mas o Tricolor paulista levou a melhor e ampliou o placar aos 10 minutos, com Rogério Ceni, de pênalti. O árbitro Péricles Bassols viu mão de Marcelo Oliveira após cruzamento de Wesley.

Sem força para reagir, o Grêmio tentou ao menos evitar uma derrota maior. E conseguiu segurar o ímpeto são-paulino. Juan Carlos Osorio fez inúmeras anotações durante a partida. Mas deve ter gostado da entrega do time. Roger Machado não foi visto anotando nada, mas deve ter pensado que gostaria de ter visto em campo algo parecido com o Grêmio do meio de semana.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o São Paulo enfrenta a Chapecoense, sábado, às 16h30, na Arena Condá, em Chapecó.

https://www.youtube.com/watch?v=56ZqbFwogo4

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara