in

São Paulo vai atrás de um zagueiro para comandar a defesa no Brasileirão

Como Dória ainda não agradou, deverá voltar ao Olympique de Marselha após ao final do empréstimo

O dinheiro está curto, mas a diretoria do São Paulo quer pelo menos quatro reforços para a sequência da temporada. A prioridade é a contratação de um zagueiro experiente que chegue para comandar o setor no Brasileiro e na Copa do Brasil, competição na qual time irá estrear em agosto, entrando direto nas oitavas de final.

Atualmente, o Tricolor conta com sete opções para a posição e nenhuma é unanimidade. A dupla que vem sendo utilizada como titular é formada por Rafael Toloi e Lucão, garoto revelado na base e que hoje é o que mais agrada à comissão técnica. Só que ele foi convocado para defender a seleção brasileira no mundial sub-20, e a diretoria já recebeu sondagens de clubes europeus interessados no novato. Além dos citados acima, também estão no clube Paulo Miranda, Rodrigo Caio, Breno, Dória e Edson Silva.

+ CONHEÇA A HISTÓRIA DO NOSSO ÍDOLO RAÍ

+ BRENO PODE DEIXAR O TRICOLOR SEM TER JOGADO

O São Paulo acreditava ter resolvido o problema do setor com a chegada de Dória, que desembarcou no Morumbi em fevereiro para um curto período de empréstimo, até 30 de junho. O Tricolor aceitou o prazo reduzido por acreditar no potencial do atleta, apostando que conseguiria contratá-lo definitivamente ao fim do ano. Só que o jogador não tem agradado. O defensor sofreu duas lesões no tornozelo e ficou muito tempo afastado. Jamais conseguiu se firmar e também não mostrou o perfil de liderança que a diretoria esperava. Com isso, será liberado ao final do empréstimo.

Edson Silva é outro defensor que pode deixar o Morumbi. O jogador, que tem vínculo até 31 de dezembro, tem proposta do Vitória para disputar o Campeonato Brasileiro da Série B. Antônio Carlos, que não vinha sendo utilizado, acertou a rescisão e se transferiu para o Fluminense, clube que o revelou para o futebol.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara