in , ,

São Paulo tem lista com 14 nomes para dispensa e quer seis reforços

Mercado da bola no São Paulo.

Relação de possíveis reforços tem Pedro, do Fla, Rafinha, ex-Grêmio quase fechado e ainda sonha com Douglas Costa

A busca do São Paulo por reforços parte de uma lista com 36 jogadores aprovados pela comissão técnica e conta com uma relação de 14 atletas do elenco atual que podem ser utilizados em trocas para que seis reforços sejam viabilizados para a próxima temporada.

Entre os nomes que o ge apurou, o do atacante Pedro, do Flamengo, é o mais bem avaliado para o ataque, mas descartado no clube por causa dos valores envolvidos. A diretoria tenta Douglas Costa, do Grêmio, tido como “menos improvável”.

A expectativa de Rogério Ceni é ter uma equipe com mais “força e velocidade”, como tem sido repetido nas reuniões de planejamento da diretoria de futebol que começaram na sexta-feira passada – quando o técnico e Muricy Ramalho, coordenador, foram convencidos a permanecer no clube apesar das perspectivas de pouco investimento para 2022.

A lista de 36 nomes foi feita com critérios técnicos – por isso, alguns atletas que o próprio clube vê como distantes constam nela – e dividida por posição. Em cada posição, os jogadores são ranqueados pela ordem de interesse.

Nessa relação está o nome de Douglas Costa, que deve deixar o Grêmio após o rebaixamento da equipe no Brasileirão.

O atacante já teve conversas com o clube do Morumbi antes de se transferir para o clube que o revelou, em maio. Na época, o salário assustou: R$ 1,25 milhão por mês.

A dificuldade se mantém – não só os altos vencimentos do jogador, mas também a crise financeira pela qual passa o São Paulo, que não foi amenizada em 2021.

O clube busca alguma forma de financiar os salários de Douglas Costa – fala-se em encontrar parceiros, antecipar contratos –, mas a diretoria entende que a contratação não teria custo de transferência, por isso ainda analisa possibilidades, mesmo que elas pareçam longe das condições tricolores.

Estima-se que os salários de Pedro possam se equiparar ao de Douglas Costa. Mas, para tirar o reserva de Gabigol do Flamengo, o São Paulo prevê ter que pagar pelo menos 7 milhões de euros, cerca de R$ 45 milhões na cotação atual.

Há nomes mais factíveis. Patrick, do Internacional, é um deles, ainda que não esteja entre os favoritos. O Inter não deve fazer esforços para manter o atleta, o que facilita negociações.

Nas últimas semanas, o São Paulo procurou jogadores como Wesley Moraes, que tem vínculo com o Aston Villa, mas está emprestado ao Club Brugge, da Bélgica, o volante Ronald, do Fortaleza, e o lateral Rodinei, do Flamengo. Nos três casos, o Tricolor sugere acordos por empréstimo, mais baratos do que a aquisição de direitos.

São seis os reforços planejados, que incluem peças principalmente para o meio de campo e ataque – a defesa do São Paulo teve bons números em 2021, e o clube foca esforços na renovação de Arboleda.

Para viabilizar esses novos atletas, a diretoria conta com a lista de 14 jogadores que podem ser utilizados em trocas, já que há pouco dinheiro disponível para contratações. É uma relação em que aparecem nomes como os de Pablo, Reinaldo e Vitor Bueno.

Até agora, o São Paulo não contratou ninguém para 2022. Por outro lado, William, Rojas e Shaylon já se despediram do Morumbi, caminho que deve ser seguido também por Galeano e Benítez.

Por: Leonardo Lourenço / ge
Foto: SPFC Notícias

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara