São Paulo recebeu empréstimo para pagar multa de Everton

O São Paulo recebeu um empréstimo do agente Carlos Leite, representante de Everton, para pagar a multa rescisória e adquirir 100% dos direitos do jogador

Para adquirir 100% dos direitos de Everton, que estava no Flamengo, o São Paulo recebeu um empréstimo do agente Carlos Leite, representante de Everton e também de Rodrigo Caio, para pagar a multa rescisória de R$ 15 milhões.

O valor recebido pelo clube foi entre R$ 10 milhões e R$ 11 milhões (os R$ 7,5 milhões que ele receberia de volta do próprio Flamengo pela sua parte e mais um montante).

O Flamengo era dono de 50% dos direitos do jogador e exigiu o pagamento integral da multa, sem parcelamentos. Nos bastidores, o São Paulo considera que Carlos Leite fez um adiantamento. Isso porque ele teria direito aos outros 50% da negociação.

LEIA MAIS:
+ Cueva perto do adeus
+ Grafite visita São Paulo e projeta despedida com tricolores

O combinado entre São Paulo e empresário é que a dívida será paga mensalmente ao longo dos próximos três anos, período de vigência do contrato de Everton com o Tricolor, com juros de mercado.

Em virtude do prazo para fechar a negociação, da quantia de dinheiro e do prazo para quitar a dívida, o São Paulo não conseguiria um financiamento desse tipo com um banco tradicional. Por isso, considerou melhores as condições do empresário.

Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *