in ,

São Paulo pode ter de pagar R$ 25 milhões a empresário; entenda o caso

André Cury, agente de jogadores e intermediário no futebol mundial — Foto: Reprodução

Tricolor usou empréstimo de André Cury para contratar atacante Raniel; clube pode recorrer

São Paulo pode ter que pagar uma dívida de aproximadamente R$ 25 milhões para o agente André Cury, em virtude de um empréstimo realizado em 2019 para a contratação do atacante Raniel. O recurso pedido pelo clube foi negado pelo Tribunal de Justiça paulista.

O clube ainda pode tentar um novo recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas deve ver a dívida ser executada em breve.

André Cury emprestou pouco mais de R$ 13 milhões em julho de 2019 para o São Paulo, que, sob comando da gestão anterior, utilizou o recurso para a contratação de Raniel.

No contrato de empréstimo, o São Paulo pagaria o valor parcelado a partir de janeiro de 2020. Porém, o clube costurou um novo acordo com o agente para começar a pagar o débito em 2021.

Contratação de Raniel virou dívida com agente para o São Paulo — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net
Contratação de Raniel virou dívida com agente para o São Paulo — Foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Sem quitar a dívida, o São Paulo encarou os juros e correções que fizeram o valor saltar para mais de R$ 20 milhões. O clube ainda terá que arcar com pagamento de honorários que faz a dívida se aproximar dos R$ 25 milhões.

Este é o segundo processo de André Cury encarado pelo São Paulo. No outro, o agente teve decisão favorável para receber mais de R$ 12 milhões por comissões nas contratações de Lucas Pratto e Paulo Henrique Ganso.

Fonte: José Edgar de Matos

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara