Home > Destaques > São Paulo costuma se dar bem jogando pela manhã

São Paulo costuma se dar bem jogando pela manhã

O São Paulo está invicto em partidas diurnas no campeonato brasileiro, desde 2015. Até aqui foram três vitórias e um empate

Parece que jogar às 11h não é ruim para o Tricolor. A competição nacional adotou o horário pela manhã no ano de 2015, e desde então, o clube do Morumbi já jogou quatro vezes nesse período. E os resultados foram bons, três vitórias e um empate.

Dessas partidas, três foram dentro de casa e sempre com um bom público. O mesmo deve acontecer hoje, no jogo contra o Cruzeiro,  já que a torcida esgotou todos os ingressos disponíveis.

A estreia do São Paulo no horário pela manhã foi em 12 de julho de 2015. Em casa, o Mais Querido colocou 59.482 torcedores, número que ainda não foi batido na edição deste ano. Nesse jogo, ganhamos por 3 x 1 sobre o Coritiba, com gols gols de Alexandre Pato (2) e Centurión, o técnico na época era Juan Carlos Osorio.

O outro jogo nesse horário foi na abertura do Brasileirão do ano passado, em 15 de maio. O técnico era Edgardo Bauza, que escalou um time reserva pois estávamos disputando a Libertadores (que saudades!). A partida foi no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), teve 12.295 pagantes, e o placar foi 1 x 0 sobre o Botafogo, com um gol de Lucas Fernandes.

No ano passado, em 31 de julho, o São Paulo jogou de novo às 11h, e com um grande público, cerca de 55.000 pessoas e empatou por 2 x 2 com a Chapecoense. O resultado foi sofrido, já que o time catarinense saiu na frente em 2 x 0. O técnico ainda era o Bauza.

A última partida do time nesse horário foi no dia 11 de setembro de 2016. O técnico era o Ricardo Gomes e com um público não tão bom assim, só 27.365 pagantes, o Tricolor ganhou do Figueirense por 3 x 1.

LEIA MAIS
+ Leco: “Essa coisa de que time grande não cai é um mantra que se lançou”
+ Quase R$ 1 milhão jogados fora por mês

Hoje a equipe enfrenta o Cruzeiro e a expectativa é de de quebrar o recorde de público de 53.635 pagantes do jogo entre Coritiba (1 x 2), no última de 3. O técnico Dorival Júnior quer que o resultado positivo venha para sair da zona do rebaixamento e para comemorar o Dia dos Pais.

Quero uma vitória simples, que passe confiança aos jogadores, que mostre que tudo que estão fazendo vem tendo uma base construída por eles, apresentando solidez. Sinto que estamos próximos disso e esperamos que aconteça o mais rápido possível. Seria um grande presente para os pais e os são-paulinos: um grande jogo, com o volume que temos feito e grande resultado. É tudo que queremos”, disse.

Foto: Divulgação