Home > Destaques > São Paulo ainda tem dívida com Vinícius Pinotti

São Paulo ainda tem dívida com Vinícius Pinotti

Pinotti emprestou R$ 14 milhões ao São Paulo em 2015, e no ano passado mais de R$ 5 milhões. Clube deixou de pagar o empréstimo por um ano

O São Paulo tem cerca de R$20 milhões para pagar para o ex-diretor de futebol Vinícius Pinotti. Essa dívida é originada de empréstimos feitos por ele ao clube desde 2015, quando ele ainda não trabalhava no clube. O valor é pago em prestações e a quitação está programada para acabar no fim de 2021.

Quando o presidente ainda era Carlos Miguel Aidar, Vinícius Pinotti, emprestou R$ 14 milhões ao clube. Com esse dinheiro, o São Paulo contratou o atacante argentino Centurión, que atuava no Racing. Ficou combinado entre as partes que o Tricolor pagaria em cinco anos, já que na época os juros estavam abaixo do mercado.

LEIA MAIS:
+ Raí é novo diretor de futebol do São Paulo 
+ Petros fala sobre a saída de Vinícius Pinotti 

Porém o São Paulo deixou de pagar Pinotti por um ano, quando ele trabalhava como diretor de marketing. No fim de 2016, o clube passou outra vez por dificuldades financeiras e não tinha dinheiro para pagar os salários e o 13º dos jogadores, novamente Pinotti emprestou mais de R$ 5 milhões. 

Somando a dívida anterior e os juros acumulados pelo atraso, o valor total chegou a R$ 22 milhões. Segundo o globoesporte.com, agora o pagamento vem sendo feito normalmente e o valor já caiu para R$ 20 milhões.

Foto: Maurício Rummens