in

Rogério Ceni quer jogar até dezembro

A aposentadoria dele, no entanto, já tem, ou teria data marcada: 26 de julho, contra o Cruzeiro, no Morumbi

A aposentadoria de Rogério Ceni já tem data marcada: 26 de julho, contra o Cruzeiro, no Morumbi. Mas a decisão de parar foi tomada só pela diretoria do São Paulo. Se dependesse do goleiro, ele seguiria atuando.

“Está muito claro para todo mundo que o Rogério queria jogar até dezembro”, afirma um colega de trabalho de Ceni no Tricolor. “Ele tem feito boas partidas, não sente dores… Mas estão parando com ele”, completa, referindo-se à diretoria tricolor.

+ HUDSON DEFENDE LUIS FABIANO DA IRA DA TORCIDA

Nas conversas com as pessoas mais próximas, o goleiro afirma que desejaria encerrar a carreira com um título, que poderia ser conquistado no Brasileirão ou na Copa do Brasil.

O contrato do capitão são-paulino terminará em 6 de agosto, mas ele deverá abrir mão de enfrentar o Atlético-MG no Mineirão, quatro dias antes, para ter a chance de pendurar as luvas dentro de casa.

A vontade da diretoria de aposentar Rogério Ceni é antiga. Enquanto presidente, Juvenal Juvêncio tentou por dois anos seguidos convencê-lo a parar. Em dezembro passado, Carlos Miguel Aidar e Ataíde Gil Guerreiro também tinham essa pretensão. Mas o goleiro bateu o pé e foi ficando.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara