in ,

Reviravolta…

Tricolor muda do vinho para água em 2 semanas e clima negativo retorna ao Morumbi.

Há duas semanas atrás o São Paulo era líder isolado do Brasileirão após vencer a Chapecoense fora de casa em uma partida que o Tricolor precisou se defender muito bem para não levar o empate na bagagem para casa. O Tricolor Paulista vinha em boa fase, após um empate contra o Inter, vitória na raça contra o Santos no Morumbi e mais um triunfo contra os gremistas também em seus domínios.

Estava tudo certo, não haviam noticias negativas no elenco, mesmo com as saídas de Rodrigo Caio (até aquele momento estava vendido), Denilson e Paulo Miranda o São Paulo parecia que iria manter a qualidade de jogo, e que as negociações serviriam apenas para acalmar o setor financeiro do Tricolor.

+ Rodrigo Caio está de volta ao Tricolor após ser negado em exame médico na Espanha

Veio o empate no final do jogo contra o Avaí e o clima de desconfiança deu sinal de alerta à equipe de Osório. Com a ausência de seu Capitão Rogério Ceni, a torcida e o técnico acharam que o time se perdeu em campo por falta de organização, não pelo goleiro, pois o Renan Ribeiro foi impecável na partida, mas o M1TO é o M1TO…

Uma semana de treino para o próximo jogo, assim como vem sendo nas últimas rodadas pelo fato do calendário da Copa América. Vantagem na qual o goleiro Rogério Ceni deu foco ao time e chamou de momento de aproveitamento, pois a equipe poderia retomar 100% da parte física e aprimorar o treinamento por mais tempo na semana.

A espera do clássico e o retorno de Ceni e Luis Fabiano, deram uma luz de confiança ao time que vem perdendo peças importantes. Mas foi nesta semana que os problemas da diretoria pareceram cair sobre o elenco… derrota por 4 x 0 e desânimo em campo, principalmente do meia PH Ganso errou o pouco que tentou fazer ( 3 passes, 3 passes errados, este é o número do ARMADOR da equipe).

Nesta segunda-feira o zagueiro Rodrigo Caio não foi aprovado pelo exame médico e retornará ao São Paulo, assim como os jogadores Lucão e Boschilla (Seleção Brasileira Sub-20) e João Schimidt (retorno de empréstimo ao Vitória Setubal).

O zagueiro Dória vive empasse e não sabe se renovará o seu contrato de empréstimo, agora que os 44 milhões de reais da venda do Rodrigo Caio não caíram na conta. podem acabar com a vontade do camisa 26 de permanecer no São Paulo.

+ Reforços retornam ao São Paulo

Precisamos levantar a cabeça e buscar algumas peças e deixar o técnico Osório implantar sua filosofia de jogo, temos elenco para retornar ao futebol de duas semanas, agora a diretoria precisa fazer a sua parte…

#AVANTEMEUTRICOLOR

O que achou?

Escrito por Kaique