in ,

Retrospectiva SPFC Notícias: defensores. Laterais e zagueiros

Miranda e Léo com suas camisetas comemorativas. (Foto: Erico Leonan / saopaulofc.net)

Quatro atletas passaram pela nossa lateral direita e nenhum deles convenceu. Em relação aos zagueiros, mesmo com certas falhas, não foram piores que os jogadores que atuem no lao do campo

Seguindo com a nossa retrospectiva do São Paulo posição por posição, vamos falar agora dos nossos defensores, sejam eles os zagueiros e também os laterais, que deixaram muito a desejar.

No começo deste ano, a defesa do São Paulo era formada por Arboleda e Léo, com Juanfran e Reinaldo. Foi com essa formação que o Tricolor chegou a liderar o Campeonato Brasileiro, mas perdeu fôlego no final da temporada. 

O São Paulo começou a temporada se despedindo do lateral espanhol e trazendo o ídolo Miranda para compor a defesa, que com Crespo, passou a atuar com três defensores: Miranda, Arboleda e Léo. Com Rogério Ceni, o esquema voltou a ser utilizado com dois defensores. 

Nas laterais, os jogadores tanto na direita quanto na esquerda se revezaram bastante, muito por conta da má fase dos jogadores na posição. Na direita, Daniel Alves rescindiu o contrato e Orejuela chegou como a contratação mais cara da temporada, mas não correspondeu. Igor Vinícius também não tem a confiança da torcida. Tanto que o São Paulo chegou a utilizar nove jogadores nesta posição.

Já na esquerda, Reinaldo e Welington, que subiu para o profissional nesta temporada, também se revezaram bastante, com o camisa seis terminando a temporada como titular. 

Na temporada 2021, o São Paulo disputou 70 jogos e sofreu 68 gols nas seguintes competições em que disputou: Campeonato Brasileiro (39 gols), Libertadores (8), Copa do Brasil (10) e Campeonato Paulista (11).

VEJA OS NÚMEROS DOS DEFENSORES DO SÃO PAULO EM 2021

Laterais-direitos

Orejuela – 15 jogos, um gol e uma assistência
Igor Vinícius – 40 jogos, dois gols marcados e cinco assistências
Daniel Alves – 22 jogos, um gol marcado e quatro assistências

Laterais-esquerdos

Reinaldo – 52 jogos, quatro gols marcados e 11 assistências
​Welington – 31 jogos, um gol marcado e duas assistências

Zagueiros

Miranda – 46 jogos, um gol marcado e duas assistências
Léo – 58 jogos e uma assistência
Arboleda – 39 jogos e quatro gols marcados
​Bruno Alves – 41 jogos e um gol marcado 
Diego Costa – 20 jogos 
​Rodrigo Freitas –  nove jogos e um gol marcado

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara