Home > História > Raio X Tricolor 2016 – Breno

Raio X Tricolor 2016 – Breno

Em seu retorno ao Morumbi Breno jogou como zagueiro e volante em 2015

Em 2006 o São Paulo lançou um zagueiro ao time profissional, o considerado “Monstro” pela torcida. Um jovem de apenas 18 anos, que se firmou como titular na zaga Tricolor ao lado de Miranda e André Dias. Sua rápida evolução não demorou para chamar atenção e Breno foi para o Bayern de Munique, onde iniciou um período difícil em sua carreira e vida pessoal. Foi condenado e detido na Alemanha por atear fogo em sua própria casa, entrou em depressão e ficou detido por 3 anos e 9 meses. O São Paulo na ocasião, firmou um contrato com o atleta até 2015. Assim que terminou o período de reclusão, ele retornou ao Morumbi.

Nome: Breno Vinícius Rodrigues Borges
Posição: Zagueiro
Data de nascimento: 13/10/1989 (26 anos)
Local de nascimento: Brasília-DF
Altura: 1,87 m
Peso: 84 kg
Primeiro clube: São Paulo
Jogos disputados pelo São Paulo: 41

RAIO X  – LUIZ EDUARDO

Em 2015: Com Juan Carlos Osório, o zagueiro Breno foi adiantado e passou a atuar como volante, protegendo a dupla de zaga. Na carência de peças no elenco, como as saídas de Denilson e Souza, dificultaram a escalação e algo precisava ser feito. Por incrível que pareça, mesmo voltando a adquirir ritmo de jogo, o hoje polivalente fez um bom rendimento e se manteve. Até se lesionar novamente e desfalcar a equipe terminando a temporada no REFFIS.

Jogos: 4
Desarmes: 6
Faltas cometidas: 4
Bolas rebatidas: 27
Cartão amarelo: 1
Gol: 1

Expectativa em 2016:  Breno já se reapresentou sem contusão e em forma. Fica à disposição de Bauza. Porém, sua qualidade técnica não o condiciona a ser reserva da equipe e o novo técnico deve encaixar o hoje volante / zagueiro em seu esquema tático, que favorece e muito o sistema defensivo da equipe.