Raio – X River Plate (ARG)

  1. Conheça mais sobre o River Plate (ARG) nosso adversário na semifinal da Florida Cup

O Club Atlético River Plate ou mais conhecido simplesmente como River Plate é um time tradicional argentino situado na capital de Buenos Aires, fundado em 1901.

O nome do time tem origem de algumas caixas oriundas da Escócia que vinham com a descrição “River Plate”, sendo que o time fica situado próximo ao Rio da Prata.

Estádio Monumental de Nuñez

O River Plate manda seus jogos no Estádio Monumental de Nuñez, localizado em um bairro nobre de Buenos Aires e tem uma capacidade para 65 mil torcedores.

O clube é conhecido como Millonários por ter originalmente, grande parte da sua torcida da alta classe social, além de ter feito loucuras financeiras nos anos 30, contratando jogadores de alto valor para a época.

O River Plate tem como o grande rival o gigante Boca Juniors. Os dois formam o Superclásico como é conhecido um dos maiores derbys do futebol mundial, marcado por muita raça dentro e fora de campo, os torcedores de ambas as equipes são evitados de encontros pela violência marcada entre as “hinchadas” (torcida em espanhol).

VEJA TAMBÉM:
 + TODOS ARTILHEIROS DO TRICOLOR NA LIBERTADORES
+ SÃO PAULO É O BRASILEIRO COM MAIS PARTICIPAÇÕES EM LIBERTADORES

La Banda tem como suas cores Vermelho, Preto e Branco assim como o Tricolor, mas é famoso por carregar sua faixa transversal (banda roja) vermelha no peito da camisa branca, calções pretos e meias brancas.

Os Millonários venceram a Libertadores da América pela terceira vez em 2015, além da Liberta, eles contam com 1 mundial, 1 Recopa, 1 Copa Sul-americana, 36 campeonatos argentinos, 1 Copa da Argentina e um título da série B na temporada 11/12.

O REBAIXAMENTO:

Após temporadas pífias, sendo uma delas encerrada na última colocação (no mesmo ano o Boca Juniors sagrou-se campeão), o River acumulou poucos pontos e ficou na zona de descendo do Campeonato Local, onde há um método chamado PROMÉDIO.

No Promedio, eles somavam os pontos dos últimos três campeonato, os times com menos média de pontos, era rebaixado.

O River, ficou na zona de PROMOÇÃO, onde teria de enfrentar um time da Série B, para tentar seguir na primeira divisão do “Argentinão”. Porém, mesmo com toda essa facilidade, o River caiu e virou piada para os torcedores Xeneizes, que até hoje perguntam: “River, decime que se siente, haber jugado el Nacional” – (River, me diz como se sente, em ter jogado a série B do torneio nacional)

Em 110 anos de história, o River Plate foi rebaixado pela primeira vez em sua história ao empatar por 1×1 com o Belgrano de Córdoba, em pleno Monumental de Nuñez praticamente lotado.

Devido à tentativa de invasão a campo por parte da torcida millonaria, a partida foi encerrada aos 44 minutos do segundo tempo.

Com o rebaixamento do time, a cidade de Buenos Aires viveu momentos de terror, com atorcedores do River depredando as dependências do Estádio Monumental de Nuñez, carros e lojas nas ruas próximas. No dia seguinte foi anunciado que J.J. López se demitiu do cargo de treinador, sendo substituído por Matías Almeyda.

DE OLHOS NELES:

Principais destaques.

Jonathan Maidanda – Defensor forte que dificulta muito a vida dos atacantes. Forte na marcação mano a mano e cabeceia muito bem.

Leonardo Ponzio – Meia que chego ao River quando o clube estava na série B. É um dos principais jogadores do time e ajudou muito ma conquista da Libertadores de 2015. Se posiciona bem e tem ótima marcação, ajudando os defensores.

Lucas Alario – Meia atacante que chega muito bem à área adversária e tem como principal virtude, o cabeceio sua arma mortal.

Iván Alonso – Atacante com muita experiência. Aos 37 anos, o uruguaio sabe como se movimentar em campo para mao cansar a toa. Chuta bem e tem ótimo posicionamento.

Sebastián Driusi – Jovem atacante que estreou em 2013 e por pouco não foi parar no rival Vélez Sarsfield. No semestre passado fez 15 gols e se tornou peça fundamental no clube. Sua principal virtude é saber se desmarcar bem e aparecer de surpresa no segundo pau. A maioria de seusngols foram assim.

Os argentinos já nos enfrentaram na Copa Libertadores e em outras competições sul-americanas, sendo as duas últimas partidas em 2016. Um empate em 1×1 na Argentina e vitória do Tricolor por 2×1 no Morumbi. Vamos relembrar os dois duelos:

River Plate-ARG 1 x 1 São Paulo – Libertadores – 10/03/2016

São Paulo 2 x 1 River Plate-ARG – Libertadores – 13/04/2016

Além disso, em 2005 ambas equipes se enfrentaram pela semifinal da Libertadores e o Tricolor se deu bem. Veja como foi:

São Paulo 2 x 0 River Plate – Morumbi | Libertadores 2005

River Plate 2 x 3 São Paulo – Monumental de Nuñez | Libertadores 2005

O River é o atual campeão da Recopa Sul-Americana e Campeão da Copa Argentina.

Colaborou: Federico Lopez -La Página Millonaria.

Rodrigo Alcântara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *