in , ,

Raio X – Defensa y Justicia

O tricolor vai encarar o Defensa y Justicia da Argentina pela Conmebol Sul-Americana. Conheça um pouco sobre os argentinos de Florencio Varela

Um grupo de amigos, companheiros de aventura e fanáticos por futebol decidiram no dia 20 de março de 1935 fundar o Club Defensa y Justicia.

História:

Conta a historia que esse grupo se reunia na Rua Mitre para conversar sobre futebol e passar o tempo. Em um canto isolado do bairro Florencio Varela os amigos costumam bater uma bolinha e fazer os “clássicos” aos sábados, onde reunia um bom número de curiosos e “torcedores”.

Rapidamente o clube foi ganhando adeptos e se transformando em uma das principais instituições do bairro nas décadas de 40 e 50. Suas atividades sociais, como bailes, mobilizavam a vizinhança.

Além do futebol, o Defensa tinha um time muito bom que o representava no Basquete em ligas da região.

No começo do ano de 1977 surgiu a ideia de formar um time de futebol visando entrar nas ligas organizadas pela AFA (Asociación de Fútol Argentino).

O grupo de pessoas que estava levando a ideia adiante, se reuniram com o então presidente Norberto Tomaghello e propuseram afiliar o clube na AFA e entrar no campeonato intitulado primeira D.

A ideia foi tomando corpo e em 8 de maio de 1977 se realizou um festival para arrecadar fundos e dar começo a criação do projeto de maneira formal.

O prefeito da cidade (Hamilton) ajudou cedendo um terreno para o clube (que até então tinha o escudo nas cores azul e branco) construir seu estádio.

Enquanto isso, o clube selecionava os jogadores para formar o plantel da equipe.

Depois de um bom tempo de luta, a AFA autorizou o clube a entrar na competição nacional, no dia 20 de dezembro do 77.

Estádio Libertador (General Don Jose de San Martín)

No dia 26 de fevereiro de 1978, apenas uma semana antes do começo do campeonato, o estádio foi inaugurado. A partida de “Debut” foi contra o Boca Juniors, e o time da capital federal venceu por 2×0.

O Estádio tem capacidade para 20 mil torcedores.

Resultado de imagem para defensor y justicia

Estreia em torneio da AFA:

Finalmente, em 4 de março de 1978, o Defensa y Justicia estreava no Torneo Primera D e venceu! A primeira partida foi contar o Cañuelas e o placar foi 2×1 para o DyJ, com gols de Héctor Cardozo e Jorge Giache.

A aparição no futebol profissional foi um “punhado” de ar fresco, o que rapidamente chamou a atenção de todos os Varelenses que sempre iam ao estádio ver o Defensa. O apoio popular fez com que o clube, rapidamente fosse escalando categorias, subindo para a Primeira C em 1982, Primeira B, em 1985

Em 1986 a AFA faz uma reorgfanização em seus torneios e o Defensa y Justicia sai vitorioso em um torneio classificatório para subir para a segunda divisão, conhecida como nacional B, com isso, em apenas nove anos, o DyJ sobe quatro categorias.

Entre ascensos e descensos de categoria, o time de Florencio Varela se estabiliza na Nacional B e completou 20 anos na segunda divisão, sendo o time com mais participações, 20.

No dia 14 de maio de 2014, o Defensa y Justicia chegaria ao ápice de sua pequena história. Após vencer o San Martín de San Juan por 1×0, o time de Buenos aires conseguia pela primeira vez em sua história, o ascendo à primeira divisão do campeonato argentino*, onde em 9 de agosto do mesmo ano, o time faria sua primeira partida na máxima categoria do futebol argentino ao receber o Racing club de Avellaneda, onde perdeu por 3 a 1.

Na terceira rodada, foi a vez do clássico regional, diante do Quilmes, partida que terminou em 1 a 1.

*Vale lembrar que o ascenso foi incrível. O time de Diego Cocca terminou com a segunda colocação, a apenas 3 pontos do campeão Banfield.

Na temporada 2015/2016 o DyJ terminou na quarta colocação do grupo 2, sendo a oitava colocação geral e ficando fora da disputa do título.

Dados da atual temporada:

No torneio atual, o Halcón, como é chamado, ocupa a 14ª colocação, com 31 pontos. O torneio é composto por 30 equipes. O lanterna é o Arsenal de Sarandí com 11 pontos e o líder é o Boca Juniors, com 49 pontos.

23
jogos
8
Vitórias
7
Empates
7
Derrotas
48,3 %  Aproveitamento
14
Posição

Estrela do time:

Jonás Gutierrez
O jogador de 33 anos é bem conhecido mundialmente, após fazer belas campanhas na Europa, quando defendeu o Newcastle (7 temporadas, 205 jogos e 12 gols) e Mallorca.

Pela seleção de sei país, Jonas foi convocado por Diego Maradona e esteve na Copa de 2010, onde disputou três jogos.

Jonas passou por uma fase muito complicada na sua vida, quando foi diagnosticado com câncer em 2013, mas graças a Deus o jogador está bem e se livrou dessa doença.

Informações do clube:

  • Temporadas na Primeira Divisão: 3 (2014-)
  • Temporadas na Primeira B Nacional: 24 (1986/87-1992/93 e 1997/98-2013/14) Récord Argentino
  • Temporadas na Primeira B: 5 (1986 e 1993/94-1996/97)
  • Temporadas na Primeira C: 3 (1983-1985)
  • Temporadas na Primeira D: 5 (1978-1982)
  • Colocação na tabela histórica da Primera B Nacional: 2º
  • Máximo goleador: Juan Carlos Moles entre 1978 e 1987, com 113 gols.
  • Mais partidas disputadas: Nestor Omar Benítez entre 1993 e 2005, com 275 partidas.

Títulos:

  • Primera B (1): 1996/97
  • Primera C (1): 1985
  • Primera D (1): 1982
  • Vice campeão da Primera B Nacional (1): 2013/14

 Uniformes:

ENDEREÇO: Av. Calchaquí Km 28,5 (Ex Ruta N° 2) – Florencio Varela – Provincia de Buenos Aires
MARCA UNIFORME: Nanque
PATROCÍNIO: Bingo Varela

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara