in , ,

Quem sai? Quem fica? Quem renova? Veja situação do elenco do São Paulo para 2023

Mercado Tricolor - Foto: Marcos Ribolli / ge

Diretoria promete mudanças para a próxima temporada mesmo sem vaga na Libertadores

O diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, afirmou ao ge que o clube irá “fazer mais um ciclo de renovação, com saídas e chegadas de jogadores” para 2023. A reformulação independe de uma classificação para a próxima Libertadores.

Mas, segundo o técnico Rogério Ceni, o São Paulo não deve ter dinheiro para fazer investimentos maiores na contratação de jogadores. Ele admitiu, em entrevista após a derrota para o Botafogo, no último domingo, que o atual elenco sofrerá algumas mudanças.

Mas afinal, quem fica? Quem sai? Quem renova? Abaixo, o ge traz um panorama de todo o elenco do São Paulo para a próxima temporada.

Devem sair

Andrés Colorado

O colombiano chegou como promessa, e o contrato permite ao São Paulo a opção de comprá-lo por cerca de US$ 1,6 milhão. Mas o volante atuou pouco, apenas 16 vezes, e não convenceu. Dificilmente o clube investirá para mantê-lo.

Eder

O veterano atacante teve uma primeira temporada apagada, quase deixou o clube no ano passado, e nesta temporada teve alguns momentos de brilho, inclusive como titular, no Paulista. Mas perdeu espaço novamente, tem salário alto, e já dá como certa sua despedida.

Miranda

Ídolo da torcida, o veterano zagueiro ainda não decidiu o que fará no ano que vem. O São Paulo já demonstrou interesse na permanência, mas Miranda analisa até mesmo se aposentar. Deve tomar uma decisão apenas ao fim do ano. A tendência é de que deixe o clube.

Igor Gomes

Formado em Cotia e sempre citado como um dos garotos mais valorizados do elenco, deve deixar o clube sem render receitas ao São Paulo. Tem contrato até março, já pode assinar um pré-contrato, e as negociações por renovação estão travadas, com pouca perspectiva de resolução.

Luizão

O jovem zagueiro também já pode assinar um pré-contrato. Há pouco tempo, teve o nome ligado a clubes ingleses, em negociações que ainda não se confirmaram.

Marcos Guilherme

O atacante chegou no meio do ano, numa oportunidade de mercado, já que tinha se tornado livre após rescindir com o Internacional. Até tem sido utilizado por Rogério Ceni em alguns momentos das partidas, mas sem grande destaque e ainda sem gols.

Léo

O zagueiro recebeu proposta do Angers, da França, no meio do ano e recusou. Os franceses, porém, devem fazer nova investida nesta reta final da temporada. Caso seja concretizada a proposta, clube e jogador não devem se opor a uma transferência.

Podem ficar

Gabriel Neves

Sua saída já chegou a ser dada como certa há alguns meses, quando era reserva e pouco jogava. Na metade da temporada, ganhou chance e se firmou como um pilar do meio de campo. O São Paulo já disse que pretende mantê-lo – e para isso terá que pagar cerca de US$ 1,7 milhão em luvas ao atleta –, mas o acordo não está fechado. Neves se recupera de uma lesão no joelho.

Rafinha

O lateral direito tem uma cláusula de renovação automática que ainda não foi alcançada, mas há perspectiva de que fique mesmo que ela não seja acionada. No domingo, após o jogo contra o Botafogo, disse estar tranquilo, que está feliz no clube, e que as conversas avançarão no momento certo.

Reinaldo

O lateral-esquerdo, titular de Ceni, é um dos mais antigos do elenco tricolor e conta com simpatia da torcida, mas pesa contra ele um salário considerado alto. Sua saída obrigaria o São Paulo a buscar um novo lateral.

Walce

Ainda sem jogar desde que sofreu uma grave lesão no joelho no começo de 2020, o zagueiro tem contrato até o fim da temporada. É possível que negocie uma extensão até que tenha condições de atuar e possa ganhar chances no time.

Contratos até o meio do ano que vem

  • André Anderson – 30/06/2023
  • Ferraresi – 30/06/2023
  • Bustos – 30/06/2023

Por: Redação do ge 
Foto: Marcos Ribolli / ge

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara