Home > Destaques > Que vingue a lei do ex

Que vingue a lei do ex

Lucas Pratto poderá ajudar muito o São Paulo a conquistar os três pontos na próxima quarta-feira contra o Atlético-MG, seja com dicas, como com gols

Há nove partidas sem marcar, Lucas Pratto conhece bem o Atlético-MG e em entrevista, o argentino disse que o Galo tem um dos piores anos como mandante, logo, ele e o Tricolor poderão se aproveitar disso. O São Paulo para vencer a terceira partida fora de casa e se distanciar ainda mais do Z4 e Pratto para quebrar o jejum sem fazer gols.

“No Independência, o time se sente muito confortável, mas também sei que é o pior ano do Atlético-MG como mandante nos últimos cinco ou seis anos. Então, temos de aproveitar isso: é um dos times que mais perdeu em casa e podemos conseguir uma vitória”, disse Pratto, mostrando estar atento ao rival.

O desempenho do Galo no Horto nos últimos cinco anos:

Ano Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
2013 32 24 7 1 82,2%
2014 31 20 8 3 73,1%
2015 25 15 5 5 66,6%
2016 27 18 4 5 71,6%
2017 26 17 3 6 69,2%
Em 2017, o Galo tem o segundo pior aproveitamento no Independência dos últimos cinco anos. São 69,2%, contra 66,6% de 2015, porém, o clube mineiro tem o maior número de derrotas (seis).

Já no Brasileirão, o Atlético-MG é o segundo pior mandante. O alvinegro somou apenas 12 pontos dos 39 disputados, desempenho igual ao do Atlético-GO e superior apenas ao Vitória, que conquistou míseros nove pontos no mesmo número de jogos.

Para o São Paulo respirar ainda mais tranquilo nesse Brasileirão, seria muito importante que Pratto colocasse a lei do ex em ação, assim  e encerrar a maior seca com a camisa do São Paulo: dez jogos sem marcar. A última vez foi no dia 19 de julho, contra o Vasco, no Morumbi.

 Ele é o artilheiro da equipe na temporada, com 12 gols, ao lado de Gilberto, reserva da posição.

FOTO: Divulgação