in

Próximos dois jogos do tricolor serão decisões segundo o M1to

O Tricolor enfrentará o líder Atlético-MG e depois terá o clássico contra o vice-líder SCCP

Após a vitória por 1 a 0 contra o Cruzeiro, o goleiro Rogério Ceni fez questão de destacar o aproveitamento da equipe em casa neste Campeonato Brasileiro. O Tricolor ainda não perdeu atuando no Morumbi na competição.

“Perdemos dois pontos só que tomamos gol contra o Avaí no fim (também teve empate com o Fluminense), e eles estão fazendo falta para nós hoje. Mas em contrapartida estamos trazendo bons públicos, conquistamos bons pontos aqui. Temos que levar isso. Nos anos de campeão brasileiro, a gente não chegou a esses 85% de aproveitamento em casa. Mas temos que melhorar fora”, declarou.

+ VEJA COMO FOI A VITÓRIA DE ONTEM

Em seguida, o ídolo são-paulino ressaltou a importância dos dois próximos jogos do São Paulo. Na quarta-feira, às 22h, no Mineirão, a equipe comandada por Osorio enfrentará o líder Atlético-MG. Já no dia 9 de agosto, o duelo será contra o vice-líder sccp, às 16h, no Morumbi.

“Quarta agora a gente tem a oportunidade de mudar isso. O Atlético-MG é muito difícil fora, um dos melhores times do Brasil, time que joga pra frente, um teste e a gente não pode deixá-los abrir vantagem. Terá eles e o sccp, dois confrontos que vão dizer muito para nós. Apesar de ser primeiro turno, são confrontos com os líderes do campeonato. Vai ser importante para ver o que podemos fazer no campeonato”, afirmou.

Apesar de tantos elogios pelo desempenho do São Paulo em casa, Ceni acredita que o clube ainda está distante da luta pelo título.

“Hoje valeu muito o resultado em si. Não foi um grande jogo, foi um jogo que atacamos muito, sofremos contra-ataques, mas lutamos muito, corremos, mesmo que de maneira errada. Batalhamos, lutamos, os jogadores que entraram… João (Schmidt) correu, participou em sua reestreia, Hudson entrou bem. Todos entraram bem e lutaram. Falta coisas para uma equipe que quer título, mas ter luta já é algo importante”, concluiu.

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara