Provocação Boliviana

Jogadores do The Strongest-BOL provoca São Paulinos e diz: ” O objetivo é arrancar a cabeça do São Paulo”

O São Paulo terá que enfrentar uma série de fatores para passar da fase de grupos na Libertadores da América, além de encarar o bom time do The Strongest e a grande altitude de La Paz, o tricolor terá que enfrentar também a provocação dos Bolivianos.

Tudo começou ainda no Pacaembu, onde os Bolivianos venceram o tricolor por 0 x 1. Após o término do jogo, um jogador do The Strongest ironizou a torcida São Paulina e desferiu xingamentos homofóbicos.

Desta vez alguns jogadores disseram que o atacante do São Paulo, Jonathan Calleri desrespeitou a equipe Boliviana, ao dizer que não gostaria de enfrentar o Boca Juniors-ARG nas oitavas de finais da Libertadores.

-A verdade é que chegou até nós essa declaração de que Calleri não gostaria de se cruzar com o Boca. Bom, nós faremos tudo o que for possível para que eles não se cruzem na próxima fase – disse o zagueiro Luis Maldonado, que completou.

– Nada nos desviará do objetivo de arrancar a cabeça do São Paulo. Eles pagarão (pela fala do Calleri) – concluiu o defensor.

+ São Paulo terá três contratações para o Brasileirão e uma possível fase final da Libertadores

+ Veja a história do ex-lateral Vitor, bi-campeão Mundial pelo tricolor

Compatriota de Calleri, o defensor Argentino Diego Bejarano também criticou o centroavante tricolor.

-Li e escutei que alguns jogadores falaram como se o São Paulo estivesse classificado e que não queriam enfrentar o Boca Juniors, mas nós veremos amanhã. Quero vê-los aqui no Hernando Silles. Faremos com que Calleri não se encontra com o Boca. – afirmou Bejarano.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *