Pressão para contratar Pato aumenta no São Paulo

A pressão pelo retorno de Pato ao clube se intensificou, tanto por parte dos torcedores, como, segundo o Globoesporte.com, de alguns conselheiros

Com a derrota no clássico, a pressão pelo retorno de Pato ao clube se intensificou. De torcedores e conselheiros para a diretoria, e da diretoria para a comissão técnica, que inicialmente não considerava o atacante para a reformulação que pretende fazer no elenco. 

O Tricolor tem recursos financeiros limitados e Cuca entende que precisa de mais peças para mudar o perfil do grupo. O investimento mensal em Pato seria alto, mesmo estando livre no mercado, e dificultaria que outras peças fossem contratadas. Há necessidade de pelo menos um segundo volante. Peças de reposição para a zaga, para a lateral direita e para a armação também são avaliadas. 

A pressão sobre a diretoria passa por viabilizar mais dinheiro para contratações e permitir que Cuca tenha Pato e também os jogadores que deseja para as outras posições. Para isso, seria necessário encontrar novas fontes de renda. Vender jovens promessas é outra possível solução, mas que é mal vista por conselheiros e pela torcida, pelo histórico recente de saídas precoces. 

O departamento de futebol conversa desde ontem com a comissão técnica sobre a situação de Pato. Foi explicada a importância do atacante como peça que pode decidir em campo e também como mais um ponto de confiança para os torcedores, que no clássico contra o Palmeiras viram Hernanes se destacando muitas vezes sozinho e ainda sair com lesão muscular. 

O plano de reduzir a folha salarial para permitir novas contratações já estava em andamento antes mesmo da liberação de Pato e terá de ser intensificado se o São Paulo decidir por repatriá-lo. Até agora saíram Diego Souza, que tinha salário alto, e Araruna, de vencimentos mais modestos. Nenê é outro que pode sair até o meio do ano, bem como Bruno Peres. Jucilei é outro atleta considerado caro e que tem sido reserva, mas que ainda pode ter espaço como zagueiro com Cuca. 

OPINIÃO: Pato vai resolver todos os nossos problemas? Não. Mais iria ajudar, e muito, lá na frente. É caro? Sim, como qualquer outro bom reforço. Daria pra trazer se não continuássemos pagando salário absurdo para Edimar, Everton Felipe, Jucilei, entre outros. A diretoria são-paulina gasta muito mal o dinheiro com jogadores superestimados e comissões para empresários. Ai, claro, não sobra dinheiro para contratar alguém que realmente iria agregar ao elenco e ser decisivo, como já foi no passado. 

Foto: Marcos Ribolli
Fonte: Globoesporte.com