in

Para jogar o clássico, Kardec terá carnaval em casa

Para jogar o clássico Majestoso da Libertadores, o atacante tricolor Alan Kardec irá pular carnaval em casa e ainda travará disputa com “concorrentes” no jogo de sábado contra o Bragantino

O São Paulo, joga neste sábado em Bragança paulista contra o time local pelo campeonato paulista, mas a partida contra o Bragantino está em segundo plano, tanto para jogadores, quanto para a torcida são-paulina, o foco de todos é o confronto da próxima quarta feira. Estreia na Copa Libertadores da América contra o maior rival: Corinthians.

Pensando nisso, o atacante do São Paulo Alan Kardec abriu mão de festejar o carnaval para estar 100% para as próximas partidas do clube.

“Vale se preservar. Sinceramente, andei até conversando com amigos, todos sabem que acontecem desfiles, essas coisas que todos gostam. A verdade nua e crua é: se for para o desfile e arrebentar no jogo, passa despercebido. Se não jogar bem, a culpa vai ser do desfile. Então, eu vou ficar em casa. Se chega no jogo, escorrega em uma bola  e tem uma foto no desfile, vai ser diferente. Eu vou ficar em casa, com meus familiares, não vou dar uma virgula de brecha para isso”, explicou.

+ HISTÓRIA EM 3 CORES!! Personagem de hoje: ZETTI!

+ Tricolorzinho arrebenta e goleia o Milan

Kardec considera a partida do sábado a prioridade. O motivo, porém, é o Corinthians: uma boa atuação diante do Bragantino pode valer uma vaga contra o rival.

“Muitos falam que a partida mais importante é do Corinthians, mas, para mim a mais importante é contra o Bragantino. Um jogo contra o Bragantino pode escalar para o jogo de quarta. Então, hoje, para mim, a partida mais importante é contra o Bragantino”.

O atacante foi titular nas duas primeiras partidas da equipe na temporada, mas, atualmente, tem ficado no banco de reservas. Ele prega respeito aos companheiros, mas pretende brigar por uma vaga no clássico.

“O atleta tem que saber quem tem o momento de jogar, e respeito os que entram, sei o quanto se dedicam.

Quando estive titular, todos me respeitaram. Sempre tive mentalidade de que sou também titular, estou com a cabeça tranquila, se jogar com o Luis Fabiano, temos entrosamento, já nos conhecemos. “Sempre vou fazer o melhor para a equipe às vezes não aparece, mas os companheiros veem o quanto me dedico”.

Mesmo com a enorme expectativa em torno do confronto, Kardec diz que um resultado negativo é reversível, e vê importância em todos os confrontos da fase de grupos.

“É uma fase de grupos, não é essa partida que vai definir a vida de ninguém, então estamos tranquilos”, finalizou.?

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara