Home > Destaques > Os principais pontos da entrevista coletiva de Aguirre

Os principais pontos da entrevista coletiva de Aguirre

Aguirre saiu satisfeito depois da vitória do Tricolor por 3×1 contra o América-MG. Veja o que ele falou sobre Diego Souza, Araruna e as perspectivas para a temporada

Neste domingo, o Tricolor venceu o América-MG por 3×1, feito que com o técnico Diego Aguirre ainda não tinha conseguido.

Com o ótimo resultado e os três pontos garantidos, o São Paulo chegou aos 13 pontos, está no G-4 e está invicto no Brasileirão, com três vitória e quatro empates.

RUMO À LIDERANÇA

“Mais do que a vitória fora de casa, o que significa muito para mim é o fato de o São Paulo estar melhorando dia a dia, jogando cada vez melhor. A cada rodada, estamos mais perto da primeira posição, que é o nosso grande objetivo”.

PERSPECTIVAS DO TRICOLOR PARA O RESTO DA TEMPORADA

“Sinto que o time está melhorando jogo a jogo. Com os treinamentos, vamos nos entrosando cada vez mais, tendo mais conhecimento um do outro. O campeonato ainda está em seu início, mas tenho muita esperança de que o São Paulo vai ser protagonista. Temos de ir com calma e continuar trabalhando forte para os próximos jogos”.

ARARUNA DE TITULAR

“Eu respeitei muito o América, pois o time estava com uma invencibilidade em casa, havia ganhado seus três jogos como mandante, e nós nos preparamos para um jogo muito dificil. Fortaleci um pouco mais o time para a pressão, para lutar pela bola, por isso jogou Araruna, que atuou muito bem. Fiquei com muito feliz com a boa atuação dele, pois é um garoto que trabalha muito, sempre com energia positiva. Então, foi uma decisão acertada. Fiz o que eu senti que era melhor para o São Paulo”.

O TRIO NENE, DIEGO SOUZA E EVERTON

“Nene, Diego e Everton são três jogadores muito bons e estão começando a se complementar, a se conhecer melhor. Eles jogaram juntos em apenas sete rodadas do Brasileiro, por isso tenho muita esperança que o entrosamento deles crescerá ainda mais, porque são jogadores de alto nível”.

DIEGO SOUZA

“Tenho que falar de Diego Souza, porque faz um mês que eu escutei muitas opiniões de que ele não era um centroavante, e ele é um baita centroavante. Pode também jogar de meia, mas é um centroavante que faz gol em todo jogo. Estou feliz pelo que ele está jogando, foi uma contratação importante. Ele está liderando o ataque com muita qualidade e personalidade”.

O SÃO PAULO JÁ TEM A CARA DE AGUIRRE? 

“Não, eu não sei qual é a minha cara. Eu sinto que o time vai melhorando, é normal com o passar dos dias, dos treinamentos, termos mais entrosamento, mais conhecimento. Está só começando, ainda falta muito e eu tenho a ambição que o São Paulo vai ser protagonista. Temos que ter tranquilidade e ver o que vai acontecer no próximo jogo”.

O Tricolor volta a jogar pelo Brasileirão nesta quarta-feira, às 21h, no Morumbi contra o Botafogo. E Diego Aguirre terá alguns desfalques, Militão e Hudson, suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Foto: Paulo Pinto/saopaulofc.net