O ROMBO NÃO É SÓ NO MEIO DE CAMPO

Esse é o reflexo da administração pífia de nossos dirigentes e o buraco causado no time pelo ego inflado da diretoria mais amadora dos últimos tempo

Penso em não ser tão repetitivo aqui neste espaço, mas o nosso Mais Querido não deixa, as vitórias são escassas, a entrega, nem tanto, pois os poucos momentos que temos de alegria com o tricolor, se devem justamente a isso, à força, à vontade de alguns jogadores, pois organização e técnica, estão passando longe do Sacrossanto Morumbi nos últimos tempos…

A vitória, contra o organizado time azul de Minas Gerais, mostrou isso, mesmo com uma distância incrível entre nossos jogadores de meio de campo e o sacrificado Pratto, mesmo com as habituais lambanças de nossa zaga, foi no chamado “bumba-meu-boi” que somamos os mais do que obrigatórios 3 pontos em casa. 3 pontos que entendi serem obrigatórios em Santa Catarina, contra o péssimo time do Guga, mas somente até ver o infantil pênalti cometido pelo nem tão melhor assim, Edimar…o ponto conquistado lá, caiu do céu, apesar das grandes defesas do ótimo goleiro Avaiano e do gosto amargo que ficou, ao vermos mais dois preciosos pontos escaparem assim.

A que ponto chegamos, amigos!Agradecer por um empate contra um dos piores times do campeonato, ter que admitir que o clichê, “pelo menos não perdeu”, acaba sendo a realidade desta camisa que em outros tempos, era tão temida e respeitada…

LEIA MAIS
+ Ex-auxiliar de Rogério Ceni ironiza declaração de Pinotti

Não desisti – ainda ? – de acreditar que a tabela será menos cruel do que foi conosco no primeiro turno do campeonato e que ao entrarmos no mês de dezembro, ainda estaremos na série A do Brasileirão, mas serão dias difíceis…como ouvi de um torcedor após o jogo de Santa Catarina, se não tiver um cardiologista, procure um, pois vamos precisar se quisermos acompanhar a campanha tricolor até o final.

O rombo criado nos corredores do Morumbi, pelo ego do Sr. Leco e cia. que inflou e abriu um abismo, não só aquele no meio de campo tricolor que vemos quase todo jogo, mas entre o que é a instituição São Paulo Futebol Clube e o que se mostra atualmente, seja nos gramados, ou fora dele e que, infelizmente para nós, se traduz e se apresenta no buraco da tabela que estamos nos enfiando e, com esta ineficiência, só ajudando a cavar mais ainda.

O rombo, não é só no meio de campo tricolor, é no final da tabela…

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *