in ,

Notas dos “guerreiros” após o jogo contra o América

Jogadores do São Paulo contra o América. Foto: Alessandra Torres/AGIF

São Paulo vence o América de virada em Minas Gerais, mesmo assim não apresenta um bom futebol e a missão é garantir uma vaga na Libertadores de 2023

Nesta quinta-feira (6), o São Paulo foi até a Arena Independência, em Belo Horizonte enfrentar o América, e mesmo saindo atrás no placar, buscou o empate ainda na primeira etapa, e conseguiu a virada aos 45 do segundo tempo.

A vitória foi extremamente importante para o time seguir vivo na luta por uma vaga na Copa Libertadores de 2023.

Veja aqui as notas dadas por nossa equipes aos jogadores do São Paulo, que enfrentaram o América nesta quinta

Felipe Alves (GOL) – Falhou feio no gol sofrido por Aloísio na primeira etapa. Na segunda etapa, fez duas ótimas defesas e se redimiu. Nota: 5

Rafinha (ZG) – Jogando como um zagueiro pelo lado direito, Rafinha foi bem. No gol sofrido não teve culpa.. Nota: 5

Miranda (ZAG) – O veterano foi o responsável por ser a consistência do setor defensivo. Apesar de receber o amarelo, conseguiu segurar o ímpeto americano e sair com a vitória. O defensor perdeu um gol feito. Nota: 5

Leo (ZAG) – Assim como no jogo contra o Independiente del Valle, cedeu muitos espaços aos adversários. Ontem, no gol sofrido, não conseguiu acompanhar o ataque do América. Nota: 3,5

Igor Vinicius (LD) – Péssima partida. Errou na tomada de decisão na origem do gol sofrido e não colaborou no ataque. Única coisa “boa”, foi um chute logo no começo do jogo. Nota: 3

Pablo Maia (VOL) – O jovem deu consistência no meio e ainda colaborou no ataque. Levou perigo em bola parada em que fez o goleiro do América trabalhar. Nota: 5,5

Rodrigo Nestor (VOL) – Um dos piores em campo. Nestor foi afobado na partida e não teve precisão nas finalizações. Nota: 3

Reinaldo (LE) – Pra variar cedeu muitos espaços, não marcou e não contribuiu em nada no setor ofensivo. Nota: 3,5

Patrick (MEI) – Partida muito ruim. Brigou, mas não conseguiu criar nenhuma jogada de perigo. Muito abatido em campo. Nota: 4

Luciano (ATA) – Luciano teve a bola do jogo e não teve a precisão de empurrar ao gol. Apesar disso, fez o passe para Calleri igualar o placar. Nota: 6

Calleri (ATA) – O argentino viveu um replay das últimas partidas. Foi brigador e conseguiu ao lado de Luciano, chegar ao gol de empate. Finalizou firme e colocou números finais ao placar. Nota: 7

SUPLENTES:

Alisson (MEI) – O homem que definiu o jogo. Alisson saiu do banco de reservas para definir o placar. Mostrou oportunismo ao subir ao ataque e cabecear para o fundo das redes e colocar números finais a partida. Nota: 6,5

Welington (LE) – Entrou bem na partida. Foi dos pés dele o cruzamento para o gol de Alisson que coroou a virada do São Paulo. Nota: 6

Igor Gomes (MEI) – Se apresentou pro jogo, mas errou passes fáceis. Está no caminho para deixar o Tricolor. Nota: 4,5

Andre Anderson (MEI) – Entrou nos acréscimos da partida e não teve tempo para ser avaliado.

Foto: Alessandra Torres/AGIF

O que achou?

Escrito por Rodrigo Alcântara