NOSTALGIA TRICOLOR – SFC 3 x 4 São Paulo

No Nostalgia Tricolor desta semana vamos relembrar a última vitória do soberano sobre o SFC na Vila Belmiro, em 2009

Salve, Salve nação tricolor! Amanhã (15), vamos enfrentar o SFC, na Vila Belmiro. Será um difícil desafio para Rogério Ceni e seus comandados. Com isso, nada melhor do que relembrarmos a última vitória do São Paulo sobre os sardinhas na baixada santista.

Naquela ocasião, em 2009, o São Paulo mostrou um grande poder de reação, após ficar duas vezes atrás do placar, o tricolor conseguiu virar o jogo e, no fim, mesmo com um jogador a menos, segurar o ímpeto do alvinegro praiano e sair vitorioso do confronto.

RECORDAR É VIVER!

O JOGO

No dia 25 de outubro de 2009, o San-São começou com tudo.  Logo aos 9 minutos, Madson cobrou escanteio da direita, Rodrigo Souto subiu e desviou para André. O substituto de Kléber Pereira, que ficou fora do clássico para cumprir suspensão automática, marcou o seu segundo gol como profissional, o primeiro em um clássico.

O São Paulo só conseguia criar chances quando a bola chegava em Hernanes. E foi dos pés do profeta que saiu o gol de empate. Aos 12, em jogada individual, o volante sofreu falta de Astorga na entrada da área, pelo lado esquerdo. Ele mesmo executou a cobrança. A bola entrou no ângulo esquerdo de Felipe, que se esticou todo, mas não conseguiu evitar o gol adversário.

Rogério Ceni São Paulo no jogo contra Grêmio Prudente (Foto: AE)O gol não assustou o SFC. Pelo contrário, o time da Vila partiu novamente para cima e, mais uma vez, aproveitou-se de falha da zaga são-paulina. Em um lance bem parecido com o do primeiro gol, os sardinhas ampliaram, aos 26. Madson cobrou escanteio na direita, e Rodrigo Souto apareceu novamente na frente dos marcadores para desviar.

O SFC era melhor na partida, tinha mais posse de bola, mas acabou vendo o São Paulo deixar tudo igual novamente no marcador. Aos 38, Hernanes cobrou escanteio pela esquerda. A bola passou por todos os defensores adversários e sobrou para Washington, que, mesmo desequilibrado, acertou o chute. A bola ainda desviou em Felipe, antes de balançar a rede.

No segundo tempo, os dois times mantiveram o ritmo do primeiro. Disposição, velocidade e muitos gols. O que mudou em relação ao primeiro tempo foi que o São Paulo passou a pressionar mais, passando boa parte dos minutos iniciais dentro da área santista. E a virada foi inevitável. Aos 14, Jorge Wagner recebeu cruzamento da direita, se antecipou à marcação e empurrou para o gol.

Resultado de imagem para Rogério Ceni marca e São Paulo vence Santos na Vila Belmiro pelo campeonato braisleiro de 2009O gol sofrido acordou o time da casa, e as mudanças de Vanderlei Luxemburgo também ajudaram. Felipe Azevedo e Madson foram substituídos por Róbson e Jean, respectivamente. Aos 21, em boa triangulação, Triguinho desceu pela esquerda e cruzou no meio da área. Róbson, sozinho, subiu para cabecear e empatar a partida: 3 a 3. Mas não houve tempo para comemorar. Aos 22, Dagoberto sofreu falta, novamente de Astorga, na entrada da área. Rogério Ceni bateu e voltou a balançar as redes após um ano. A última vez havia sido no dia 19 de outubro de 2008, no empate em 2 a 2 com o SEP.

E ainda houve espaço para mais emoção no SanSão. Atrás no placar, o time alvinegro partiu com tudo para cima do São Paulo. Aos 33, Jean escapou livre pela direita e sofreu falta de Ceni quando iria driblá-lo e entrar cara a cara com o gol vazio. O goleiro era o último homem e acabou levando o cartão vermelho. Com um a menos em campo, o São Paulo foi bombardeado pelo Peixe, mas conseguiu segurar o resultado.

ISSO É SÃO PAULO!

MELHORES MOMENTOS

FICHA TÉCNICA

SFC 3 X 4 SÃO PAULO

Local: Estádio Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 25 de outubro de 2009, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Fifa-RS)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Altemir Hausmann (Fifa-RS)
Renda: R$ 217.640,00
Público: 8.735 pagantes
Cartões amarelos: Germano, Adaílton (Santos), André Dias, Jean, Miranda (São Paulo)
Cartão vermelho: Rogério Ceni (São Paulo)

GOLS:
SFC: André, aos seis, Rodrigo Souto, aos 26 minutos do primeiro tempo; Robson, aos 21 minutos do segundo tempo
SÃO PAULO: Hernanes, aos 12, Washington, aos 38 minutos do primeiro tempo; Jorge Wagner, aos 15, Rogério Ceni, aos 23 minutos do segundo tempo

SFC: Felipe; Pará, Astorga, Adaílton e Triguinho; Germano, Rodrigo Souto, Felipe Azevedo (Robson), Paulo Henrique Ganso e Madson (Jean); André
Técnico: Wanderley Luxemburgo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Renato Silva, André Dias e Miranda; Adrián González (Zé Luis), Jean, Hernanes, Jorge Wagner e Junior Cesar; Dagoberto (Borges) e Washington (Denis)
Técnico: Ricardo Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *