NOSTALGIA TRICOLOR – S.E.P 0 x 2 São Paulo

O Nostalgia Tricolor desta semana recorda da vitória do soberano frente as peppas, em 2010, com direito a show de revelação do tricolor

Salve, salve nação são-paulina. Nesta semana voltaremos a 2010, mais precisamente no choque-rei do dia 19 de setembro.

Na ocasião, a então jovem revelação do São Paulo, Lucas Moura, deu show e ajudou o tricolor a bater, como de costume, o S.E.P, no Pacaembu. Além de Lucas, o saudoso Fernandão também marcou.

RECORDAR É VIVER!

O JOGO

Resultado de imagem para Lucas brilha e São Paulo vence Palmeiras no Pacaembu

A partida até começou movimentada no Pacaembu, mas não houve muito o que comemorar para os dois lados durante o primeiro tempo. No São Paulo, Ilsinho sentiu o tornozelo esquerdo logo no início do jogo e foi substituído aos 18 minutos. O camisa 77 era um dos melhores em campo. Do outro lado, Felipão foi expulso por reclamar com o árbitro, instalando por alguns minutos uma pequena confusão em campo. Mancando, Ewerthon também pediu para sair antes do intervalo.

Foram as únicas emoções nos 45 minutos iniciais. SEP e São Paulo pouco conseguiram chegar no ataque e em nenhum momento ameaçaram as balizas defendidas por Deola e Rogério Ceni. Jean foi responsável pela melhor finalização tricolor, mas balançou as redes apenas pelo lado de fora. Tadeu, aproveitando uma falha de Rodrigo Souto, ficou sozinho de frente para o gol, mas Alex Silva corrigiu o erro do companheiro de equipe e impediu a finalização do atacante das Peppas.

Os porcos voltaram para o segundo tempo tentando empurrar o São Paulo para o campo de defesa. Fabrício, por duas vezes, chegou com elemento surpresa. Na primeira, em tabela rápida com Tadeu, o jogador foi travado por Alex Silva. Logo depois, o jogador apareceu dentro da área, mas bateu fraco e Rogério Ceni defendeu sem dificuldades.

Resultado de imagem para Palmeiras 0 x 2 São Paulo - 2010 Fernandão e Lucas MarcamQuando a equipe alviverde parecia melhor em campo, o São Paulo chegou ao gol. Depois de cobrança de tiro de meta de Rogério Ceni, Jorge Wagner disputou a bola no alto e acabou desviando para Lucas. O jovem de 19 anos mostrou oportunismo e tocou de primeira, tirando Deola da jogada para abrir o placar.

O SEP voltou ao ataque em busca do empate. Marcos Assunção arriscou de longe em cobrança de falta, a bola quicou e por pouco não enganou Rogério Ceni. O goleiro voltou a fazer boa defesa em cabeçada de Danilo no minuto seguinte. Em sobra de bola na entrada da área, Marcos Assunção finalizou mais uma vez para o gol, mas pegou mal e Ceni ficou com a bola. A partida ganhava em velocidade e emoção.

Resultado de imagem para Palmeiras 0 x 2 São Paulo - 2010 Fernandão e Lucas MarcamCom a vantagem, o São Paulo passou a apostar nos contra-ataques rápidos. Em um deles, Lucas por pouco não marcou um golaço. O atacante tabelou com Fernandão na entrada da área, tocou com categoria por cima de Marcos Assunção e, mesmo desequilibrado completou o chapéu, mas não conseguiu acertar o gol.

Aos 31 minutos, o Tricolor ampliou. Lucas escapou pela direita, tocou para Fernandão dentro da área. O centroavante ainda teve tempo de dominar antes de emendar para fazer o segundo do jogo e fechar o placar. São Paulo 2, Sem Mundial 0.

MELHORES MOMENTOS

FICHA TÉCNICA

SEP 0 x 2 São Paulo
Campeonato Brasileiro 2010 (23ª Rodada)
Data: 19/09/10
Estádio: Pacaembu (São Paulo/SP)
Público: 15.522 pagantes

Palmeiras: Deola; Vitor, Mauricio Ramos, Danilo e Fabricio (Patrik); Pierre, Márcio Araújo (Luan), Marcos Assunção e Valdivia; Ewerthon (Tinga) e Tadeu.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

São Paulo: Rogério Ceni; Alex Silva (Renato Silva), Miranda e Richarlyson; Ilsinho (Zé Vitor), Casemiro, Jean, Rodrigo Souto e Jorge Wagner; Lucas (Dagoberto) e Fernandão.
Técnico: Sérgio Baresi.

Gols: Lucas (SAO) 9′ e Fernandão (SAO) 31′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Pierre, Tinga, Marcos Assunção e Valdivia (SEP); Richarlyson, Casemiro, Zé Vitor, Miranda e Jorge Wagner (São Paulo).

Árbitro: José Henrique de Carvalho.
Auxiliares: Emerson A. de Carvalho e Márcio Luiz Augusto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *